Controle tem até 92% de precisão. (Fonte da imagem: Phys.org)

A Microsoft Research, uma divisão de pesquisa da gigante dos softwares, criou um novo método de rastreamento multiusuário que pode identificar, com até 92% de precisão, diversas pessoas que usam uma única área de trabalho touchscreen.

O método usa diversos Windows Phones (que não foram especificados), o sensor Kinect e o Microsoft Surface 2.0 SDK – aquele tablet gigante da empresa que pode ser operado por diversas pessoas ao mesmo tempo apenas com as mãos e que conta com câmeras infravermelho que detectam os movimentos próximos à tela.

Batizada de ShakeID, a técnica pode oferecer um novo nível de interação com telas em locais públicos, associando cada pessoa com seu dispositivo. Ao comparar os dados do acelerômetro dos smartphones com um modelo esquelético do Kinect e com os dados de rastreamento do movimento, o ShakeID pode distinguir as ações de dois usuários que tocam na tela simultaneamente.

Mas como o ShakeID depende do rastreamento de movimento, o sistema pode ficar impreciso caso os usuários segurem os seus celulares. Apesar disso, a equipe está confiante de que o movimento natural deve ajudar a evitar esse problema.

Por enquanto, o número de participantes é limitado a dois usuários, devido às restrições no Kinect para o Surface. A Microsoft afirma que não há nenhuma previsão para o projeto se transformar em um produto comercial, mas ela sugere que o ShakeID poderia ser usado para fornecer conteúdo em exposições interativas e anúncios. 

Fonte: Phys.org, Microsoft Research

Cupons de desconto TecMundo: