O CEO Steve Ballmer: desafios para evitar o colapso (Fonte da imagem: Microsoft / Divulgação)

Você consegue imaginar uma empresa como a Microsoft entrando em colapso e fracassando? O site Business Insider, especializado em economia, elaborou uma lista com seis motivos possíveis para que a Microsoft entre em colapso nos próximos anos. Como em toda grande empresa, as ameaças vêm de todos os lados. Confira a lista daqueles que podem ser os próximos pesadelos de Steve Ballmer.

iPads roubando os consumidores de PCs

Um dos segmentos em que a Microsoft é mais forte é o licenciamento de software para PCs. Ao comprar um computador, a probabilidade de ele vir com o Windows instalado é enorme. Se os tablets se tornarem a porta de entrada no mundo virtual para os consumidores, o que Steve Ballmer precisará fazer para recuperar mercado?

Windows 8 fracassando nos tablets

A Microsoft deve entrar pra valer na briga dos tablets em 2012, quase três anos depois do lançamento do iPad. Recuperar o tempo perdido não será uma tarefa fácil e, para isso, é preciso que o novo SO se saia muito bem junto aos consumidores. Mas e se isso não acontecer?

Desenvolvedores leais abandonando a companhia

Criar aplicativos para as plataformas da Microsoft sempre foi mais rentável para os desenvolvedores, mas a chegada de sistemas como Android e iOS mudaram um pouco o cenário. As plataformas fechadas, como Silverlight e .NET podem deixar de ser atrativas com o tempo, colocando a companhia em segundo plano.

A falta de tradição do Windows Phone

Uma das grandes apostas da Microsoft com o Windows Phone é a recente parceria com a Nokia. A empresa aposta na popularidade dos aparelhos da marca finlandesa para espalhar mundo afora o maior número possível de produtos com seu SO. Mas se os consumidores reagirem mal a isso, haverá espaço ainda para a companhia no mercado de smartphones?

Office perdendo relevância

No mês de janeiro, a Microsoft deve liberar a versão beta do Office 15. Embora o pacote de aplicativos seja o mais popular do gênero, sua relevância começa a ser ameaçada com a popularização dos serviços baseados na nuvem. Você pagaria por algum serviço que pode obter gratuitamente online?

Plataforma de negócios ultrapassada

Uma grande parte da renda Microsoft vem do Windows Server (US$ 6 bilhões por ano) e do SQL Server (US$ 3 a 4 bilhões por ano). Muitas companhias adquirem esses produtos por conta de ferramentas como Exchange, SharePoint e Dynamics, mas essa procura está cada vez menor.

Cupons de desconto TecMundo: