No ano passado, a Microsoft mostrou os seus headsets de realidade aumentada HoloLens. Naquele anúncio, a empresa deixou claro que julgava mais sensato investir nas interações entre realidade aumentada e mundo real — em vez de partir para a realidade virtual.

Só que o mercado mostrou que a Microsoft não poderia ficar somente na realidade aumentada. Por isso, no evento desta quarta-feira (26), a companhia de Redmond foi além e apresentou suas soluções de realidade virtual autônomas. Ou seja, são headsets que dispensam o uso de smartphones ou computadores.

Não foram mostrados detalhes dos produtos, mas já temos informações de que HP, Lenovo, ASUS, Dell e Acer seriam as empresas parceiras da Microsoft nessa nova investida. Todas as essas fabricantes já estariam produzindo seus próprios headsets com Windows 10 e a Microsoft garante que elas estarão disponíveis a partir de US$ 299 (R$ 932).

É claro que esse preço inicial pode ser ultrapassado por algumas opções mais completas, mas é certo que a base terá o valor jé mencionado. De acordo com a Microsoft, os primeiros produtos com as capacidades VR serão vendidos em 2017, mas ainda não há qualquer informação sobre mais exata sobre as datas.

Cupons de desconto TecMundo: