Seguindo a tendência geral da web, a Microsoft anunciou que o seu navegador Edge receberá um novo recurso na próxima atualização do Windows 10. A novidade pausará automaticamente o carregamento de elementos em Flash em qualquer página. A empresa afirma que isso se mostrou necessário para tornar o browser mais eficiente do ponto de vista energético, fazendo com que ele exija menos recursos do computador.

Apesar disso, o Edge ainda vai rodar coisas em Flash de forma automática quando ele identificar que esses elementos são parte central de uma página, como um vídeo ou um game. Nesse caso, apenas anúncios e animações desnecessárias, com ou sem áudio, serão pausadas logo de cara.

Assim como no Chrome e no Safari, o usuário terá várias opções para controlar o Flash no Edge, podendo acabar com ele de uma vez ou deixar que as configurações padronizadas lidem com o recurso da Adobe.

Muita gente está com o pé atrás em relação ao Animate CC por causa das infindáveis falhas de segurança do Flash

Falando em Adobe, a criadora do Flash, a empresa já recomendou que desenvolvedores de páginas e criadores de anúncios parem de usar o Flash em sua implementação atual. Para substituí-lo, a companhia até lançou o Animate CC, mas muita gente está com o pé atrás com a possibilidade de ele ter herdado as infindáveis falhas de segurança do Flash.

Você acha que o Adobe Flash já devia ter sido abandonado? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: