A Mercedes-Benz resolveu seguir o mesmo caminho da Tesla e expandir sua atuação com produtos voltados para armazenamento de energia. Em parceria com a Vivint, especializada em projetos de captação de energia solar, a montadora alemã lançou a Energy, sua própria bateria para armazenamento em sistemas de energia domiciliar.

A tecnologia empregada na Energy foi testada nas baterias usadas nos veículos híbridos da marca. Elas são feitas de íon-lítio e tem 2,5 kWh e tem capacidade modular, o que permite que os usuários podem aumentar essa capacidade para até 20 kWh, caso julguem necessário. A bateria pode tanto fornecer energia adicional em momentos de pico como funcionar como um gerador em caso de quedas.

O produto será oferecido primeiramente no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, e de lá ele partirá para outros países específicos. A Daimler, dona da Mercedes-Benz, vem investindo pesado na parte de energia, como uma forma de se preparar para o futuro eminente que, de uma forma ou de outra, vai envolver seus carros – no caso, os 10 novos modelos elétricos que a Mercedes pretende lançar nos próximos cinco anos.

O grupo fez um investimento de US$ 556 milhões em uma segunda fábrica de baterias na Alemanha. A importância das baterias faz parte de um novo ecossistema de recarregamento de veículos elétricos e uma nova abordagem do uso de energia nas residências também.

Cupons de desconto TecMundo: