Formado por Brasil, Rússia, Índia e China, o grupo de países conhecido como BRIC foi responsável pela venda de 44% dos smartphones comercializados no mundo durante o primeiro trimestre de 2014. Segundo a consultoria Canalys, os chineses foram os campeões do bloco, tendo vendido 97,5 milhões de aparelhos durante o período — uma queda de 3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O relatório divulgado na última segunda-feira (12) mostra que as vendas totais dos chamados “celulares inteligentes” chegou a 259 milhões de unidades durante o trimestre analisado. Desses, 123,4 milhões foram comercializados nos “países emergentes”, que pela primeira vez apareceram de forma simultânea entre as 10 melhores posições no ranking de vendas global.

Enquanto a Rússia aparece em décima posição da lista, o Brasil figura em oitava colação e a Índia em terceira. Já a China está na liderança, consequência tanto do grande mercado consumidor do país quanto do fato de metade das 10 maiores fabricantes de celular do mundo estarem instaladas no país: entre elas, nomes como Huawei, Xiaomi, ZTE e Yolong.

O segmento que mais cresceu durante o período foi o de aparelhos com telas com dimensões acima de 5 polegadas, que registrou expansão de 369% em relação ao primeiro trimestre de 2013. Com isso, uma parcela de 34% dos smartphones vendidos no mundo já conta com essa característica, fatia que chega a 39% no mercado chinês.

Cupons de desconto TecMundo: