(Fonte da imagem: Reprodução/Extreme Tech)

Parece que as coisas estão indo muito bem para a Apple. Ao divulgar o relatório referente ao desempenho da empresa no primeiro trimestre do atual ano fiscal (que foi de outubro a dezembro do ano passado), foi informado que a companhia obteve US$ 57,6 bilhões de renda (contra US$ 54,5 bilhões em 2013), batendo um novo recorde. 

O lucro da empresa para o período também foi bom: US$ 13,1 bilhões (a mesma marca obtida no ano anterior), tudo isso graças a um aumento na venda de iPhones, iPads e Macs. 

Segundo o relatório divulgado pela empresa, foram vendidos 51 milhões de iPhones (também um novo recorde, superando a marca anterior de 47,8 milhões durante o mesmo trimestre no ano anterior). Já no que diz respeito aos iPads, essa marca foi de 26 milhões de unidades (contra 22,9 milhões no período passado) e 4,8 milhões de Macs (700 mil a mais que em 2013, quando houve a saída de 4,1 milhões de computadores). Quanto ao iPod, as saídas foram de apenas 6 milhões de unidades (12,7 milhões no mesmo trimestre do ano anterior). 

“Estamos realmente felizes com nosso novo recorde nas vendas de iPhone e iPad, com o forte desempenho de nossos produtos Mac e com o crescimento contínuo do iTunes, softwares e serviços. Adoramos ter os consumidores mais satisfeitos, leais e comprometidos, e vamos continuar a investir pesado em nosso futuro para fazer suas experiências com nossos produtos e serviços ainda melhores”, disse Tim Cook, diretor-executivo da Apple. 

(Fonte da imagem: Reprodução/Você Vê Comunicação)

Boa notícia para acionistas 

E não é apenas a Apple que tem o direito de comemorar. De acordo com o site The Verge, as ações da companhia também tiveram aumento no seu valor e agora custam US$ 551. Ele ainda fica abaixo da marca de 2012 (US$ 700), mas supera o que foi visto em 2013 (menos de US$ 400). 

A empresa também informou que seu grupo de diretores decidiu por um dividendo de US$ 3,05 que será repassado para os investidores em 13 de fevereiro. 

“Geramos US$ 22,7 bilhões de fluxo de caixa de operações, e retornamos um adicional de US$ 7,7 bilhões em dinheiro para acionistas por meio de dividendos e recompra de ações durante o trimestre encerrado em dezembro, trazendo um cumulativo de pagamentos sob o nosso programa de retorno de capital de US$ 43 bilhões”, explicou Peter Oppenheimer, chefe do setor financeiro da Apple.

Cupons de desconto TecMundo: