Aparelhos lado a lado (Fonte da imagem: Reprodução/YouTube)

Segundo a consultoria norte-americana IHS iSuppli, o Surface é mais eficiente que o principal player do mercado, o Apple iPad 3, quando o assunto é trazer retorno financeiro à sua criadora, a Microsoft.

De acordo com os estudos da empresa, cada unidade do Surface custa mais ou menos 284 dólares para ser fabricada. Como eles são vendidos a um preço médio de 599 dólares, a Microsoft teria cerca de US$ 315 de lucro com cada unidade, ou seja, 53 por cento do valor de venda.

Em contrapartida, apesar de o iPad 3 de 32 gigabytes também  sair por 599 dólares nas lojas, o aparelho da Apple teria um custo de produção mais elevado, custando à companhia US$ 333. Ou seja, a Empresa da Maçã tem, “apenas”, 266 dólares de lucro com cada iPad, 44 por cento do valor de venda.

E o iPad mini?

Ainda de acordo com a IHS iSuppli, se os números do Surface forem comparados com o novo iPad mini, ele também sai vencedor. Segundo a consultoria, a Apple gasta 188 dólares na fabricação da versão menor de seus tablets (a versão de 16 gigabytes), vendendo-os por US$ 329. 40% desse valor (141 dólares) representam lucros para a companhia.

Em seu estudo, a IHS iSuppli deixa claro que não levou em consideração vários outros custos que envolvem a cadeia de produção dos aparelhos, como a distribuição, comissões de vendas e os gastos com marketing e publicidade.

Mesmo assim, o relatório aponta vários dados importantes, como o fato de que a Microsoft mudou, de fato, o seu posicionamento de mercado. As margens de lucro alcançadas com o Surface podem ser o indício de que veremos, em breve, outros produtos com a assinatura da companhia – como o especulado smartphone da empresa, que pode já ser lançado no começo de 2013.

Cupons de desconto TecMundo: