(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

Pagamentos por perfumarias, corridas de táxi e vários outros produtos e serviços utilizando a tecnologia NFC (Near Field Communication) de celulares já é uma realidade. Entretanto, apenas em situações isoladas — algo que ainda passa muito longe do mainstream comercial, por assim dizer. Em quanto tempo isso deve mudar? Bem, de acordo com a Visa, algo em torno de 2 ou 3 anos.

Segundo a joint venture, trata-se do período necessário para que a tecnologia seja majoritariamente adotada pelo comércio... E também para que os consumidores acostumem-se com a ideia de pagar contas utilizando a tecnologia. Entretanto, conforme disse o responsável pelo setor mobile da Visa, Bill Gajda, em entrevista  ao site CNET, os primeiros movimentos substanciais para a transição devem ocorrer já em 2013, “mas será mais para lançamentos e escalas comerciais”.

De fato, deve haver um mostruário do novo potencial do NFC durante as próximas Olimpíadas. Isso porque a empresa equipou mais de 140 mil terminais com a tecnologia em Londres — trata-se de 5 mil táxis e 3 mil pontos de venda. Além disso, milhares de aparelhos Galaxy S3 foram distribuídos para clientes VIP, incluindo diversos atletas que dividirão a vila olímpica, a fim de testar a funcionalidade.

Mas a Visa passa longe de uma leitura utópica da projeção do NFC, pelo menos para breve. Segundo Gajda, grande parte do desafio virá da necessidade de alterar hábitos dos consumidores, a fim de substituir a comodidade dos pagamentos em dinheiro ou com cartões — embora o potencial do mercado mobile e a possibilidade de veicular novos serviços e propagandas tenha atraído diversos “peixes grandes” da indústria.

Fonte: CNET

Cupons de desconto TecMundo: