Qualcomm está interessada em comprar parte da ARM

1 min de leitura
Imagem de: Qualcomm está interessada em comprar parte da ARM
Imagem: Divulgação | Qualcomm

A famosa fabricante de chips Qualcomm pode comprar parte das ações da ARM em um futuro próximo. Após a negociação bilionária  proposta pela Nvidia não dar certo, o conglomerado Softbank, que possui o controle da ARM atualmente, planeja listar a empresa na Bolsa de Valores de Nova York em breve.

O objetivo seria criar um consórcio junto de várias outras fabricantes de chips para manter a neutralidade da ARM no mercado de semicondutores. De acordo com Cristiano Amon, diretor executivo da Qualcomm, em entrevista ao Financial Times, a empresa poderia se juntar a seus rivais para comprar a companhia de semicondutores caso o consórcio se tornasse "grande o suficiente".

A ARM foi comprada pelo conglomerado SoftBank em 2016. (Bloomberg/Financial Times)A ARM foi comprada pelo conglomerado SoftBank em 2016. (Bloomberg/Financial Times)Fonte:  Financial Times 

A Qualcomm é uma das maiores clientes da ARM, ao lado de outras como Apple, Intel e Samsung, e foi uma das organizações que se opuseram à compra da empresa britânica de tecnologia de chips pela Nvidia. O argumento principal era que não fazia sentido uma fabricante de chips ter o controle total de uma empresa notavelmente importante para todo o setor, motivo pelo qual a negociação de US$ 66 bilhões foi interrompida.

Investir com seus rivais, por outro lado, criaria um contexto mais propício para uma Oferta Pública Inicial (IPO) e avaliação bem-sucedida, além de "garantir que a empresa continuasse lutando e investindo" de forma independente, segundo a Qualcomm.

Cristiano Amon disse que a Qualcomm ainda não falou oficialmente com o SoftBank sobre um possível investimento na ARM, mas certamente é uma parte interessada.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.