C6 Bank: clientes aproveitam falha e desviam R$ 23 milhões

1 min de leitura
Imagem de: C6 Bank: clientes aproveitam falha e desviam R$ 23 milhões
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Uma possível falha nos sistemas permitiu que clientes do C6 Bank desviassem um valor de R$ 23 milhões a partir do produto CDB Crédito. A Polícia Civil de São Paulo investiga o caso que, de maneira preliminar, beneficiou cerca de 5 mil correntistas do banco, sendo a maioria moradores da Baixada Fluminense (RJ).

A informação da fraude foi divulgada nesta segunda-feira (2) pela Veja. De acordo com o veículo, existem linhas diferentes de investigação. Em uma das linhas, a polícia apura se houve o planejamento do golpe por parte de uma organização criminosa. No outro, os agentes desconfiam que o problema foi descoberto e que os moradores foram passando informações uns para os outros.

O golpe chamou a atenção das autoridades porque foi cometido por correntistas existentes e em smartphones únicos. Além disso, também já foi registrado que os desvios ocorreram em pontos específicos das comunidades fluminenses.

C6 Bank

A história está sendo investigada pela polícia e o C6 Bank pediu para que a Justiça bloqueie a conta de todos os envolvidos. Apesar de conseguirem o dinheiro, todas as pessoas estão com uma espécie de débito no banco.

Modus operandi

Os clientes suspeitos utilizaram uma operação financeira do C6 Bank chamada CDB Crédito. Nesse serviço, a pessoa tem como limite no cartão de crédito o mesmo valor que ela aplica no Certificado de Depósito Bancário (CDB), que é um tipo de investimento de renda fixa.

Ou seja, se a pessoa tem investimentos de R$ 300 na modalidade, o limite do cartão dela fica em R$ 300. O banco digital libera, porém, um valor máximo de R$ 10 mil no limite do cartão de crédito.

E para dar segurança, o CDB Crédito bloqueia parte do valor que o cliente investiu enquanto a fatura do cartão de crédito não é paga. E foi nesse momento que a falha de segurança aconteceu.

C6 Bank

Os correntistas suspeitos de aplicarem o golpe descobriram uma forma em que podiam usar todo o limite do cartão de crédito e ao mesmo tempo resgatar todo o valor investido na renda fixa. O C6 Bank, que já foi vítima de um outro golpe no estilo “rachadinha”, não se pronunciou sobre o caso.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes