Bitcoin entra em nova queda e fica abaixo dos US$ 40 mil

1 min de leitura
Imagem de: Bitcoin entra em nova queda e fica abaixo dos US$ 40 mil
Imagem: Shutterstock

Nesta terça-feira (12), o dia não começou muito bem para os investidores do mercado de criptomoedas, já que o bitcoin caiu 3,1% nas últimas 24 horas e ficou abaixo dos US$ 40 mil (cerca de R$ 187 mil na cotação atual) no início do dia. O Ethereum caiu para US$ 3.024, enquanto outras moedas continuam em tendência de queda.

É a primeira vez que o bitcoin é registrado abaixo de US$ 40 mil desde março de 2022 e parece que os números devem diminuir ainda mais. Os analistas acreditam que a queda acentuada aconteceu devido à inflação, que está assombrando todo o mundo por conta da guerra e de outros problemas.

A moeda atingiu US$ 39.598 durante a madrugada.A moeda atingiu US$ 39.598 durante a madrugada.Fonte:  Coingecko 

Alguns analistas até preveem que o bitcoin deve cair até US$ 30 mil no segundo trimestre do ano, principalmente por conta das taxas de juros e condições globais que pioraram o cenário das moedas nos últimos meses — na última semana, a moeda atingiu US$ 47 mil e os investidores estavam otimistas.

Mercado em queda

"Na minha opinião, isso pode ser atribuído principalmente aos atuais ventos contrários. Com a inflação crescente, o varejo não tem dinheiro suficiente para investir quantias significativas no que consideram ativos 'arriscados', como criptomoedas", disse o analista da GlobalBlock, Marcus Sotiriou.

Inclusive, as moedas menores tendem a cair com a queda do bitcoin, como é o caso da polkadot, que diminuiu para US$ 17,81 no mesmo período. Já a Cardano caiu 5,89% e está sendo negociada em média a US$ 0,96 — lembrando que o criptoativo já chegou a custar US$ 2,96 em setembro de 2021.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.