Tesla alcança receita recorde, mas adia lançamentos de novos carros

1 min de leitura
Imagem de: Tesla alcança receita recorde, mas adia lançamentos de novos carros
Imagem: Unsplash

A Tesla divulgou na quarta-feira (26) os resultados financeiros do quarto trimestre de 2021, que se mostraram bastante positivos, apesar dos problemas na cadeia de suprimentos ocasionados pela pandemia. A montadora aumentou sua receita em 65% no período.

Conforme o balanço, a companhia liderada por Elon Musk alcançou uma receita recorde de US$ 17,7 bilhões Q4, o equivalente a mais de R$ 96 bilhões pela cotação de hoje. O número superou os US$ 16,57 bilhões estimados pelos analistas da Refinitiv e representou um grande salto em relação aos US$ 10,74 bilhões dos últimos três meses de 2020.

Já o lucro por ação foi de US$ 2,52 (R$ 13,67), ante os US$ 2,36 (R$ 12,80) esperados pelo mercado. Também foi reportado um lucro líquido de US$ 2,32 bilhões (R$ 12,5 bilhões), aumento de 760% no comparativo com o mesmo período do ano anterior, enquanto a margem bruta ficou em 27,4%.

Segundo Musk, a Tesla não lançará novos modelos em 2022.Segundo Musk, a Tesla não lançará novos modelos em 2022.Fonte:  Unsplash 

De acordo com o relatório, a receita automotiva do grupo representou US$ 15,97 bilhões (R$ 86,6 bilhões) do total, um incremento de 71%. Por outro lado, o faturamento com a geração e o armazenamento de energia teve queda de 8%, caindo para US$ 688 milhões (R$ 3,7 bilhões), rendimento mais baixo desta divisão desde o primeiro trimestre de 2021.

Problemas na cadeia de suprimentos

A escassez de chips foi o “principal fator limitante” para que os lucros da Tesla não fossem ainda maiores no ano passado, de acordo com Musk. Na teleconferência de resultados da montadora, o CEO afirmou que a falta de componentes provavelmente continuará este ano, com as fábricas da empresa novamente operando abaixo da sua capacidade real.

Diante dos problemas gerados por esse fator, o bilionário disse ainda que a marca não vai apresentar novos modelos de carros elétricos em 2022. Até mesmo o “carro barato da Tesla” anunciado por ele em 2020 precisará ser adiado.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.