Bitcoin segue em queda e chega aos US$ 33 mil

1 min de leitura
Imagem de: Bitcoin segue em queda e chega aos US$ 33 mil
Imagem: Unsplash

Os últimos dias foram angustiantes e alegres para milhares de investidores ao redor do mundo, já que a queda do Bitcoin (BTC) arrastou junto todo o mercado de criptomoedas. De acordo com informações do site CoinTelegraph, nesta última segunda-feira (24), a moeda caiu para até US$ 32,967 (cerca de R$ 181,9 mil na cotação atual).

Os dados revelam que a moeda foi vendida nesse valor em transações da corretora Bitstamp, mas o número aumentou para US$ 33 mil pouco depois. Na tarde desta segunda-feira (24), a moeda está custando em média US$ 35 mil.

O Bitcoin está em queda há algumas semanasO Bitcoin está em queda há algumas semanasFonte:  Unsplash 

Os “holders” de BTC

Apesar de a queda ter arrastado diversas outras grandes criptomoedas do mercado, como Solana (SOL), Binance Coin (BNB) e Cardano (ADA), grande parte dos investidores do BTC continuam "holdando" seus ativos. Segundo informações do CoinTelegraph, atualmente, 60% do fornecimento total do Bitcoin é referente aos investimentos de longa data que permanecem inalterados.

O valor caiu quase 9% na última queda e atingiu o nível mais baixo dos últimos seis meses e, em relação ao mês de janeiro, a desvalorização já representa quase 30% — o valor máximo do Bitcoin foi de US$ 69 mil (cerca de R$ 380 mil).

Apesar de criar preocupação e desespero em milhares de investidores ao redor do mundo, muitos observam as quedas desse mercado como uma oportunidade para investir nas moedas pagando um pouco menos. No entanto, ainda não há previsão sobre o que acontecerá com o Bitcoin no futuro.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.