YouTube encerra divisão de conteúdos originais após seis anos

1 min de leitura
Imagem de: YouTube encerra divisão de conteúdos originais após seis anos
Imagem: Reprodução/Shutterstock
Avatar do autor

O YouTube comunicou nesta terça-feira (18) que está encerrando sua divisão de produções originais após seis anos. A notícia já era esperada, considerando que a chefe global de conteúdo original, Susanne Daniels, anunciou na manhã de hoje que deixaria a empresa em março deste ano.

No futuro, a plataforma deve financiar apenas os programas que fazem parte dos projetos Black Voices e YouTube Kids, segundo comunicado do diretor de negócios Robert Kyncl.

“Honraremos nosso compromisso com programas já contratados em andamento e os criadores envolvidos com esses programas devem esperar nos ouvir diretamente nos próximos dias”, disse Kyncl em um post no Twitter.

O executivo ressaltou que o programa de Parcerias do YouTube atualmente conta com mais de 2 milhões de criadores e que a plataforma pagou mais de US$ 30 bilhões a criadores, artistas e empresas de mídia nos últimos três anos. No entanto, Kyncl diz que o investimento poderá ter ainda mais impacto "quando aplicado em outras iniciativas".

Breve história de conteúdos originais

O YouTube Originals começou em 2016 em uma tentativa da plataforma de concorrer com as outras gigantes do streaming, como Netflix e Amazon Prime. Vários projetos originais foram vendidos ao longo dos anos, incluindo Cobra Kai para a Netflix, Como Se Tornar Uma Divindade na Flórida vendido para o Showtime e a série Step Up: High Water, que migrou para o canal Starz.

Com a venda das séries, o YouTube decidiu se concentrar apenas em produções não roteirizadas nas áreas da música, artistas e educacional.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes