Moradores da 'Cidade do Blockchain' caem em golpe de hacker

1 min de leitura
Imagem de: Moradores da 'Cidade do Blockchain' caem em golpe de hacker
Imagem: CityDAO
Avatar do autor

Os empreendedores que compraram 16 hectares de terra no estado de Wyoming, nos EUA, para “construir uma cidade na blockchain Ethereum”, sabiam que o mundo das criptomoedas é um negócio de risco. Mas não julgavam que fosse tão perigoso: na segunda-feira (10), a comunidade CityDAO revelou que o seu servidor Discord foi hackeado, e que todo o dinheiro dos criptocidadãos foi roubado.

CityDAO é uma “organização autônoma descentralizada” (DAO na sigla em inglês), um tipo de comunidade aprovada no final do ano passado pelo estado de Wyoming. Um desses grupos decidiu governar coletivamente uma cidade na blockchain, o que foi feito “oferecendo” cidadania em troca da compra de um dos dez mil NFTs emitidos para a construção do município. Cada um desses NFTs foi vendido por 0,25 ETH, o equivalente a R$ 4,6 mil.

Ao comprar a cidadania em forma de token, o futuro morador também adquire o direito de acessar o Discord da comunidade, o direito de voto e o direito de se estabelecer naquela terra, depois que o Primeiro Cidadão e os Fundadores o fizerem. O Primeiro Cidadão é aquele que comprou um NFT único por 6,25 ETH, ganhando o direito à primeira parcela do terreno. Os Fundadores são os compradores de um dos 50 NFTs por 10 ETH, que dão direito à regalia.

Como a CityDAO foi hackeada?

Fonte: CityDAO/Twitter/Divulgação.Fonte: CityDAO/Twitter/Divulgação.Fonte:  CityDAO/Twitter 

Como acontece com grande parte das cidades, a ruína aconteceu através de fofoca e intrigas políticas. O hacker postou uma captura de tela fake, mostrando uma conversa suspeita do primeiro cidadão, chamado de Lyons800, em outro servidor Discord, alegando que ele estava enganando os outros cidadãos lá.

Logo, Lyons800 se ofereceu para provar ser inocente através de uma ligação de voz mediada com o golpista que, habilmente, convenceu o moderador a deixá-los inspecionar seu console. Nesse momento, o hacker obteve o token de autenticação Discord de Lyons800. Com essa credencial em seu poder, o golpista lançou um ataque de webhook para “limpar” os cofres de CityDAO.

Você pode conferir mais detalhes sobre o ataque na thread abaixo, publicada no Twitter.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes