O que é o Growth Marketing?

2 min de leitura
Imagem de: O que é o Growth Marketing?
Imagem: Shutterstock

É raro alguém nem sequer conhecer uma empresa que não esteja focada em estratégias de crescimento no momento atual. Com as mudanças causadas pela pandemia neste ano e no anterior, o jeito das pessoas interagirem está diferente — e isso impacta diretamente o mundo corporativo e, principalmente, os caminhos para atingir as metas nele.

Como em todo momento de mudanças, o cenário atual causa certa insegurança, mas também abrem oportunidades para quem arrisca inovar e pensar diferente, e é aqui que os gestores das empresas querem fazer morada.

Com a rápida evolução da transformação digital, a complexidade dos mercados aumentou na mesma proporção em que surgiram ferramentas e novas possibilidades de abordagem e relacionamento com seus públicos de interesse. É justamente em cima disso que o chamado growth marketing atua: unir ferramentas e disciplinas de marketing, comunicação, BI e digital para gerar sinergias e construir resultados consistentes e sustentáveis a médio e longo prazo.

Note que dentro disso existe o chamado growth hacking, que envolve ações e estratégias de curto prazo para acelerar o crescimento da empresa e atingir metas pontuais no processo macro de crescimento. Analisar pontos críticos e navegar em Key Performance Indicator (KPI), fará total diferença para encontrar brechas de oportunidades.

Growth Marketing

Como aplicar esse conceito em seu negócio?

Aqui vão algumas dicas que podem ajudar neste processo:

  • Comunicação entre as áreas: mantenha um diálogo afinado entre as áreas de negócios, marketing e comunicação. Faça com que todos entendam as metas em comum e de cada área e promova integração de disciplinas entre os profissionais para gerar estratégias efetivas.
  • Aposte em tecnologia: heatmap, monitoramento de redes sociais, analytics etc., tudo isso é fundamental para seu negócio. É preciso mensurar os aspectos relevantes de suas ações e cruzar informações entre as ferramentas para obter inteligência acionável para direcionar suas próximas estratégias.
  • Teste: nem sempre sua estratégia inicial é a mais adequada. Use as ferramentas que você tem para fazer testes de performance, compare os resultados e vá afinando suas ações com base nos dados.
  • Conte com as pessoas: não esqueça que sua equipe tem um papel fundamental no sucesso de sua estratégia. Além de obter dados das ferramentas, não se esqueça de que seus especialistas devem ser estimulados a contribuir com novas ideias, fornecendo uma leitura inteligente dos dados e gerando insights que vão impulsionar seu crescimento.

De novo: o growth marketing é um olhar de consistência para o crescimento a médio e longo prazos, por isso ele deve ser praticado constantemente. Mais do que investir em oportunidades, você precisa conduzir sua equipe para que atue de forma próxima, integrada e com total visibilidade dos esforços, metas e desafios de cada área, aliando talentos, técnicas, ferramentas e inteligência para construir o crescimento do seu negócio.

E por fim, se qualifique em cursos de instituições que garantam um bom aprendizado e apresente um projeto piloto para que treine o conhecimento obtido. No LinkedIn você pode achar vagas desde analistas a VP de growth hacking. Trata-se de um perfil criativo, explorador, ágil e analítico, porque sua missão será encontrar oportunidades de crescimento, testar e comprovar suas análises por meio de dados. 

***

Marisa Travaglin é head de marketing da Trend Micro.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.