Vasco lança série de NFTs antirracistas com apoio da Binance

1 min de leitura
Imagem de: Vasco lança série de NFTs antirracistas com apoio da Binance
Imagem: Club de Regatas Vasco da Gama/Reprodução
Avatar do autor

O Vasco da Gama lançou, neste sábado (20), um novo portal de tokens não fungíveis (NFTs) com uma coleção em homenagem ao Dia da Consciência Negra. A série especial de lançamento busca relembrar o histórico vascaíno de luta antirracista, reinterpretando a “resposta histórica” com uma estética afrofuturista.

As cinco artes digitais da série têm o título “Espelho… de 1924 para o futuro!”, relembrando o episódio em que o presidente cruzmaltino escreveu uma carta indignando-se contra a discriminação racial no futebol. Na época, o Vasco preferiu disputar ligas menores do que assinar o regulamento que proibia a inclusão de negros nas equipes dos principais clubes cariocas.

As peças podem ser visualizadas em alta resolução no site do Vasco. Como outros NFTs, as imagens podem ser baixadas e compartilhadas gratuitamente — a parte que será vendida é um código verificável via blockchain.

Idealizado por Helio Ricardo Rainho, Etnógrafo e Mestre em História e Bens Culturais, e pelo artista visual Juan Calvet, os NFTs podem ser comprados a partir do dia 26 de novembro. A iniciativa tem a parceria com a Binance, maior plataforma global de criptomoedas, e do BrasilNFT, empresa especializada no desenvolvimento de tecnologias disruptivas com base em blockchain.

Outras iniciativas tecnológicas do Vasco

Vasco estreia no universo das NFTs relembrando luta antirracista do clube. (Fonte: Club de Regatas Vasco da Gama/Reprodução)Vasco estreia no universo das NFTs relembrando luta antirracista do clube. (Fonte: Club de Regatas Vasco da Gama/Reprodução)Fonte:  Club de Regatas Vasco da Gama/Reprodução 

O lançamento inédito de NFTs busca incluir a marca do Vasco da Gama no mercado de arte digital e nos investimentos em tokens não fungíveis. O clube afirma que a iniciativa também consolida narrativas sobre feitos históricos da agremiação para torcedores e colecionadores, utilizando técnicas do fanfiction e do storytelling.

Essa não será a única iniciativa do Vasco no segmento de NFTs. O CEO da agremiação esportiva, Luiz Mello, afirma que “o Clube aos poucos apresentará diversas iniciativas na área digital”. O próximo projeto deverá será uma coleção de NFT infantil realizado de forma colaborativa com crianças de todo o mundo.

No futuro, o Vasco pretende, ainda, realizar ações relacionadas à realidade aumentada (RA) e a construção do metaverso. Em 2018, o clube chegou a lançar uma máscara que permitia aos vascaínos tirar foto usando a câmera do Facebook e ver o uniforme oficial projetado em cima de sua imagem.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.