Amazon fecha parceria com agências de espionagem britânica

1 min de leitura
Imagem de: Amazon fecha parceria com agências de espionagem britânica
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

De acordo com informações reveladas pelo jornal britânico Financial Times, as três agências de espionagem do Reino Unido fecharam uma parceria com a Amazon para armazenar dados secretos no serviço de nuvem Amazon Web Services (AWS).

A ideia das agências é usar o serviço de nuvem para impulsionar a análise de dados e uso de inteligência artificial para espionagem. O MI5, MI6 e GCHQ devem ser os principais serviços de seguranças usando a nuvem — em operações conjuntas, outros departamentos governamentais também devem tirar proveito do sistema, como o Ministério da Defesa do Reino Unido.

Nuvem para melhorar a espionagem?

Os dados serão armazenados em servidores no Reino Unido e a Amazon não terá nenhum acesso às informaçõesOs dados serão armazenados em servidores no Reino Unido e a Amazon não terá nenhum acesso às informaçõesFonte:  Unsplash 

Não há informações sobre valores, mas estima-se que a Amazon deve receber entre £ 500 milhões e £ 1 bilhão nos próximos 10 anos com o acordo. As agências e a Amazon se recusaram a comentar sobre a nova parceria.

Desde o início do ano, os serviços de espionagem do Reino Unido começaram a usar inteligência artificial para identificar padrões em grandes volumes de dados e, assim, puderam combater casos de pedofilia e diminuir notícias falsas.

Além disso, já faz algum tempo que a GCHQ começou a usar inteligências artificiais para traduzir conteúdos e agilizar algumas operações, mas percebeu que a tecnologia pode ser aplicada de diversas formas — a ideia é aumentar esse alcance e usar a ferramenta em outras categorias de crimes.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes