Auxílio Emergencial: veja quem já pode receber novas parcelas

1 min de leitura
Imagem de: Auxílio Emergencial: veja quem já pode receber novas parcelas
Imagem: Reprodução/ Marcello Casal Jr, Agência Brasil
Avatar do autor

Nesta segunda-feira (18), o saque da 6ª parcela do auxílio emergencial de 2021 foi liberado para trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que nasceram em outubro.

A 6ª parcela, que começou a ser depositada para esta categoria no último dia 1º, também é transferível para uma conta corrente sem custos ao cliente. Anteriormente, era possível apenas movimentar o valor pelo app Caixa Tem.

É importante ressaltar que o programa foi formado em abril de 2020 para atender famílias vulneráveis durante a pandemia. Inicialmente, ele contou com 5 parcelas entre R$ 600 e R$1,5 mil e foi estendido até dezembro de 2020 em até quatro divisões de R$ 300 ou R$ 600.

Já 2021 tem 7 meses com esse direito; as parcelas envolvem entre  R$ 150 e R$ 375 dependendo do caso. É possível conferir mais informações e confirmar a elegibilidade no site da Caixa Econômica Federal e no portal do Ministério da Cidadania.

Os auxílios para pessoas fora do Bolsa Família são creditados na Conta Poupança Social Digital e são movimentados pelo Caixa TemOs auxílios para pessoas fora do Bolsa Família são creditados na Conta Poupança Social Digital, e são movimentados por meio do app Caixa Tem.Fonte:  Reprodução/Marcello Casal Jr, Agência Brasil 

E a 7ª parcela?

Além disso, a Caixa iniciou o pagamento da sétima e última parcela do direito para os beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) encerrado em 1 — vale lembrar que a ordem de recebimento segue o último valor do NIS em dias úteis, então a pessoa com 0 receberá a quantia no dia 29.

Para os demais trabalhadores, o auxílio começará a ser oferecido na quarta-feira (20) e segue uma ordem de meses de nascimento. Portanto, cidadãos de dezembro receberão em 31 de outubro; os saques começam a partir de  1º de novembro.

Caso o beneficiário tenha o número de telefone celular inscrito no Caixa Tem, ele será informado sobre as datas de recebimento e saque através do WhatsApp da instituição.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.