10 anos sem Steve Jobs: relembre feitos marcantes do ex-CEO da Apple

2 min de leitura
Imagem de: 10 anos sem Steve Jobs: relembre feitos marcantes do ex-CEO da Apple
Imagem: Reprodução/SiteApple
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A morte de Steve Jobs está completando 10 anos. Em 5 de outubro de 2011, o icônico cofundador da Apple faleceu devido a um câncer no pâncreas, contra o qual lutava desde 2004. Jobs é lembrado por ter sido um ícone da área de tecnologia e por proporcionar, além de dispositivos eletrônicos, melhores experiências aos usuários da marca.

O início da Apple

Em abril de 1976, após voltar de uma viagem à Índia, fundou a Apple em parceria com Steve Wozniak, Ronald Wayne e “Mike” Markkula Jr. O primeiro computador da marca foi o Apple I, mas o responsável pelo primeiro sucesso da empresa foi o Apple II, que se diferenciava por ter uma tela com grande qualidade e um teclado muito melhor em relação aos concorrentes. Dez anos depois, anunciou o Macintosh, o primeiro computador com interface gráfica de sucesso.

Apple IISteve Jobs ao lado do Apple II, primeiro computador de sucesso da empresa (Ralph Morse/Getty Images via VEJA)

Os primeiros computadores da Apple foram responsáveis pela popularidade dos PCs pessoais, visto que, antes disso, os aparelhos só eram comuns em empresas e saíam por, no mínimo, US$ 10 mil.

Primeira Apple Store

Em 2001, a Apple inaugurou as primeiras lojas oficiais da marca em Glendale, na Califórnia, e na cidade de Tysons Corner, Virgínia. A ideia de abrir uma loja que venderia exclusivamente produtos da marca foi de Steve Jobs, e mudou o formato do varejo físico conhecido até então. Segundo o então CEO da Apple, o objetivo era oferecer não apenas produtos, mas boas experiências de compra aos consumidores.

Revolução na indústria fonográfica

Não é apenas no mundo dos dispositivos eletrônicos que o ex-CEO da Apple fez história. Jobs também foi responsável por mudar a dinâmica da indústria fonográfica. Em 2002, com a ascensão do MP3 e da internet, o executivo percebeu que os fãs gostariam de fazer o download de suas músicas sem a necessidade de ir até uma loja de CDs.

steve jobsO iTunes revolucionou a indústria fonográfica (Justin Sullivan/Getty Images/via VEJA)

Com uma versão teste do iTunes pronta, Jobs fechou parcerias com executivos de grandes selos, começando pela Warner Music, responsável por nomes como Neil Young, R.E.M. e Linkin Park. Ao combinar o programa com o lançamento do iPod, Steve Jobs conseguiu oferecer praticidade para acessar música digital e por preço acessível. Revolucionou, assim, um mercado que vinha lutando para sobreviver frente à crescente pirataria.

Confira os dez principais momentos de Steve Jobs como CEO da Apple:

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.