Natura e Avon iniciam testes de entregas com drones

1 min de leitura
Imagem de: Natura e Avon iniciam testes de entregas com drones
Imagem: Natura e Co.
Avatar do autor

A Natura iniciou testes técnicos para realizar entregas de seus produtos através de drones. Em parceria com a Speedbird Aero, a nova modalidade oferece uma melhor experiência para consultoras e representantes da marca. Além de contribuir com a meta de atingir zero emissões líquidas de carbono até 2030, visto que drones não emitem gases de efeito estufa.

A startup brasileira foi a primeira a receber o Certificado de Autorização de Voo Experimental (CAVE) pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em 2020. Os testes foram iniciados e o grupo Natura &Co encaminhou o processo de autorização para a execução do projeto-piloto — a ser realizado no primeiro trimestre de 2022, com condições reais em um raio de até 200 km.

(Fonte: Natura/Tribuna/Reprodução)(Fonte: Natura/Tribuna/Reprodução)Fonte:  Natura 

Visando alcançar, de forma ágil e segura, locais de difícil acesso, bem como reduzir o tempo de entrega, a iniciativa está sendo implantada pela Natura Startups — programa que reforça a atuação da companhia no meio de inovação e empreendedorismo. A prática ainda reforça as prioridades sustentáveis das marcas do grupo Natura, incluindo Avon, Natura, The Body Shop e Aesop.

Segundo Leonardo Romano, diretor de Supply Chain e Inovação Logística de Natura &Co, a empresa busca soluções que aprimorem as experiências das consultoras, representantes e clientes com os produtos das marcas. “A logística através dos drones irá habilitar rotas de entrega em tempos muito curtos, com baixo custo e baixo impacto ambiental”, diz ele.

Para o CEO e fundador da Speedbird, Manoel Coelho, o projeto da Natura e da Avon permitirá testar um modelo de entrega em uma ampla escala de operação, mantendo o “drone delivery” uma opção segura e viável.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.