Enel utiliza drones para inspecionar sua rede elétrica subterrânea

1 min de leitura
Imagem de: Enel utiliza drones para inspecionar sua rede elétrica subterrânea
Imagem: Flyabiity/Divulgação
Avatar do autor

A Enel Distribuição São Paulo, concessionária de energia elétrica para 24 municípios da Grande São Paulo, anunciou na segunda-feira (5) que tem utilizado drones para inspecionar a sua rede de distribuição. Mas não a de superfície, e sim a subterrânea. A tecnologia ainda é inédita entre as demais empresas do setor elétrico, e a atividade promete mais agilidade, segurança e precisão a clientes e eletricistas.

A Enel tem hoje cerca de 10,7 mil estruturas que se conectam à rede elétrica subterrânea: são as chamadas "caixas". Esses locais são visitados periodicamente por eletricistas da empresa para realizar inspeções, como termografias, medições elétricas e de gases, para garantir a segurança e o perfeito funcionamento das instalações.

Trabalhar nesses espaços exíguos e insalubres, cheio de transformadores e chaves, é uma tarefa complexa que, além de treinamentos especiais, demanda constantes reciclagens. Para proteção dos trabalhadores, é preciso garantir uma estrutura para sua remoção em caso de acidentes, como a instalação de tripés para içamento rápido, e a utilização de detectores de gases.

Como os drones farão a inspeção?

A utilização dos drones irá permitir que a Enel execute a varredura dos seus transformadores com uma frequência superior — atualmente, ela ocorre a cada três anos.

Além disso, "o uso do drone traz mais segurança para os nossos eletricistas", afirma em comunicado o responsável pela área de Tecnologia da Rede da Enel Brasil, Bruno Cecchetti.

Em vez de equipes de três profissionais, a operação com uso de drones exige apenas dois. As condições existentes dentro das caixas são gravadas por uma câmera 4K, e posteriormente as imagens são encaminhadas para as áreas de backoffice da distribuidora, para agendamento de ações de manutenção, se for o caso.

Protegidos por uma estrutura esférica de proteção contra choques e quedas, os equipamentos fabricados pela empresa suíça Flyability já foram testados no centro de São Paulo, percorrendo a Avenida Paulista e a Alameda Santos.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes

Enel utiliza drones para inspecionar sua rede elétrica subterrânea