Janssen adia envio de 3 milhões de vacinas ao Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Janssen adia envio de 3 milhões de vacinas ao Brasil
Imagem: Divulgação/Janssen
Avatar do autor

Nesta terça-feira (15), o Brasil deveria receber cerca de 3 milhões de doses da vacina da Janssen. A farmacêutica, no entanto, precisou adiar o envio e não comunicou o motivo do cancelamento provisório, segundo informações divulgadas pela BandNews. Ainda não há data confirmada para a nova entrega, mas o Ministério da Saúde quer acelerar o envio ainda para esta quarta-feira (16).

Em nota, o Ministério divulgou que ainda aguarda a confirmação de data do laboratório, mas a expectativa é que as doses cheguem em até três remessas ao longo da semana.

Vacina da Johnson & Johnson

A vacina desenvolvida pelo braço farmacêutico da Johnson & Johnson é aplicada em apenas uma dose e tem até 85% de eficácia em casos graves. Seu uso foi aprovado de forma emergencial em março e cada dose foi vendida ao Ministério da Saúde por US$ 10.

Com a chegada dos imunizantes próxima do fim de validade, em 27 de junho, as doses serão distribuídas exclusivamente para as capitais, já que há melhor infraestrutura para armazenamento. Ao chegarem, elas devem ser enviadas aos estados em até 48 horas. Entretanto, se seguir os protocolos usados pelos Estados Unidos, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pode aumentar o prazo de validade de 12 para 18 semanas.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Janssen adia envio de 3 milhões de vacinas ao Brasil