Apple derruba app rival do xCloud após 'picuinha' com Microsoft

1 min de leitura
Imagem de: Apple derruba app rival do xCloud após 'picuinha' com Microsoft
Imagem: Shadow Cloud
Avatar do autor

As polêmicas envolvendo a Apple e o serviço de streaming xCloud, que não entrou na App Store até hoje, acabaram respingando em outra plataforma de nuvem, um aplicativo chamado Shadow Cloud. Segundo Lori Wright, chefe de negócios da Xbox, a Maçã retirou o aplicativo de sua loja após receber um e-mail de dúvidas vindo da Microsoft.

O caso foi revelado durante o julgamento do processo entre Epic Games e Apple. Segundo a executiva da Xbox, a Microsoft estava buscando formas de lançar o xCloud no iOS e tentou provar um ponto utilizando dois apps que estavam na loja, a plataforma de filmes e séries Netflix e o de streaming de PCs Shadow Cloud.

Shadow Cloud.Shadow Cloud.Fonte:  Business of Esports 

"Nós mostramos dois exemplos onde um jogo ou aplicativo podiam existir na loja, e nós não sabíamos o motivo", disse Lori Wright. Após enviar um e-mail para a Apple questionando sobre os aplicativos, o Shadow Cloud foi retirado temporariamente da loja.

Acredito que eles [Apple] acabaram retirando o Shadow da App Store com base nesse e-mail que nós enviamos até que mudanças fossem realizadas", disse a executiva. "Essa não era nossa intenção, obviamente, foi acidental".

Mal-entendido

Segundo relembra o The Verge, o Shadow Cloud sumiu da App Store duas vezes, durante o mês de fevereiro do ano passado e novamente no começo de 2021. A Apple disse que a plataforma foi retirada da loja por não seguir certas regras de uso de seu marketplace.

Após retornar à loja da Apple, o Shadow Cloud disse que tudo não passou de um "mal-entendido". Em um comunicado, os responsáveis disseram que a plataforma não é voltada para o streaming de games, como xCloud e Stadia, pois permite transmitir o Windows 10 inteiro para um iPhone ou iPad, incluindo outros softwares.

O Shadow Cloud já está disponível novamente na App Store.O Shadow Cloud já está disponível novamente na App Store.Fonte:  Shadow Cloud 

Conforme o Shadow Play, a possibilidade de transmitir o computador integralmente está nas regras da loja da Apple. "Essa abordagem única permite que o Shadow respeite as diretrizes da App Store", explicam os responsáveis pelo aplicativo.

Apesar de estar presente na loja da maça, a plataforma Shadow Cloud não anda muito bem financeiramente. Em março, a empresa que comanda o serviço, chamada Blade, registrou um pedido de falência e disse que está em busca de novos investimentos para não deixar o mercado.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.