O que é bitcoin? Conheça tudo sobre essa criptomoeda

6 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: O que é bitcoin? Conheça tudo  sobre essa criptomoeda
Avatar do autor

Quando o assunto é dinheiro, saber exatamente o que está fazendo é a chave do sucesso para investir com qualidade e resultados positivos, afinal ninguém quer perder tempo ou grana com algo que gera prejuízo e estresse. Portanto, reunir todas as informações possíveis é o primeiro passo para realizar um investimento seguro. E com bitcoin, uma das mais modernas formas de investir, isso não é diferente.

Embora não seja um conceito exatamente novo, o bitcoin ainda desperta a atenção de muitas pessoas. Apesar de se falar muito dessa criptomoeda, sempre surgem dúvidas importantes sobre ela.

O que é bitcoin?

BitcoinQualquer pessoa pode investir sem intermédios.

Bitcoin nada mais é do que uma moeda digital descentralizada e global cujas transações podem ser feitas diretamente por você, sem qualquer intermediário. Nessa categoria, ela foi a primeira a ser criada, conquistando também o título de a mais popular e valiosa das criptomoedas existentes.

Como funciona o bitcoin?

BitcoinBitcoin utiliza rede P2P para funcionar de forma independente.

O principal diferencial do bitcoin é o fato de ele ter um funcionamento independente, que não necessita de controle de governos, bancos ou outras instituições. O bitcoin é baseado em uma rede de ponto a ponto (P2P, do inglês peer-to-peer) de acordo com o protocolo público e de código aberto que está disponível para todos.

Isso significa que, diferentemente do que acontece nos serviços de um banco convencional, em que todos os dados são centralizados em uma base, cada computador da rede Bitcoin executa os procedimentos necessários para mantê-la funcionando. Isso também se traduz em mais segurança e transparência, pois todos os usuários estão conectados entre si e podem validar as transações realizadas.

Como e onde usar o bitcoin

bitcoinCada vez mais popular, o bitcoin tem tecnologia que garante transações seguras.

Mas em que situações o bitcoin pode ser utilizado? Como uma moeda digital, é possível receber e enviar bitcoins em transações para compra e venda de produtos e serviços — exatamente como o dinheiro normal. Além disso, essa criptomoeda é muito versátil e pode ser usada para poupança e investimentos.

Porém, é importante entender que o bitcoin é um "ativo de alto risco". Como a moeda não tem valor fixo, recomenda-se não investir quantias que você não esteja disposto a perder.

Quanto vale um bitcoin?

bitcoinA menor parcela do bitcoin é 0,00000001 BTC, chamada de satoshi.

A moeda bitcoin é representada pela sigla BTC, e cada unidade pode ser dividida em 100 milhões. Isso significa que a menor parcela dessa moeda digital é 0,00000001 BTC, valor que recebe o nome de satoshi (em homenagem a seu suposto criador). Mas, na prática, o quanto 1 BTC se traduz em dinheiro real?

Ao longo da história, essa quantia partiu de frações de centavos de dólar até cerca de US$ 60 mil em abril de 2021. Mas é importante entender que o bitcoin tem valor porque é um bem escasso, já que apenas 21 milhões de BTC serão produzidos no mundo, e é de difícil (e cara) produção, o que gera ainda mais valor.

Como surgiu o bitcoin?

origem do bitcoinBitcoin foi criado por Satoshi Nakamoto, pseudônimo que pertence a uma pessoa ainda desconhecida.

A história do bitcoin tem uma origem bastante interessante. Satoshi Nakamoto, um pseudônimo que pertence a uma pessoa ainda desconhecida, publicou em 2008 em um grupo de discussão na internet um documento que explicava o funcionamento de uma moeda totalmente eletrônica. A ideia original era substituir o papel-moeda nos meios digitais de negociação.

Poucos meses depois, Nakamoto disponibilizou a primeira versão do programa e deixou o convite para que outros programadores colaborassem com o projeto de código aberto. Foi somente em 22 de maio de 2010 que a rede Bitcoin realmente passou a ter valor financeiro graças à primeira transação: a compra de 2 pizzas por 10 mil BTC.

O bitcoin é seguro?

bitcoin A tecnologia empregada no bitcoin faz que cada moeda seja única.

Essa é outra dúvida recorrente de quem começa a se interessar por essa criptomoeda. Afinal, será que é realmente seguro investir em bitcoin? Será que não existe o risco de meus bitcoins serem “copiados e colados” como qualquer arquivo de computador na internet?

Embora seja uma questão genuína, não há com o que se preocupar. O bitcoin utiliza a tecnologia do blockchain, o que faz que sua rede seja imutável, confiável e à prova de fraudes. Desde sua criação, o código dessa criptomoeda tem se mostrado confiável e provavelmente vai se manter assim por tempo indeterminado.

Para entender melhor a segurança da rede Bitcoin, pense em como você acessa sua casa: é possível ter várias cópias de uma mesma chave, mas não se pode duplicar a casa. De modo semelhante, os usuários da rede apenas têm uma chave de acesso para as carteiras, sendo impossível duplicar as moedas. Cada BTC é único e não pode estar em dois lugares ao mesmo tempo.

O bitcoin tem lastro?

bitcoin lastroA garantia (ou lastro) dessa moeda é o próprio código, suportado e apoiado pela comunidade.

O bitcoin não tem um lastro, mas isso não significa que ele não possui fundamentos. Essa moeda digital não depende da aprovação de governos e não precisa de um banco central para controlá-lo. Apesar disso, a segurança dessa criptomoeda vem do fato de ela ser descentralizada e de seu código ser imutável.

É necessário entender que até mesmo as moedas estatais existentes hoje não se baseiam mais em um lastro, como o ouro ou o dólar no passado; hoje, as moedas simplesmente têm seu valor por causa da confiança que o povo tem em um banco central, no governo e em seus políticos.

Na rede Bitcoin, é impossível emitir mais moedas do que seu código está programado (21 milhões) — nenhum partido político ou guerra entre nações pode mudar isso. Assim, a garantia (ou lastro) dela está na matemática e criptografia do seu próprio código, suportado e apoiado pela comunidade que está distribuída por todo o mundo.

Vale a pena investir em bitcoin?

investir em bitcoin10 motivos para investir em bitcoin.

Depois de ler este texto, esta pode ser a dúvida que ainda permanece em sua mente: será que vale a pena investir em bitcoin? Por isso, separamos mais 10 motivos para você investir em bitcoin:

  • 1. O bitcoin não é impresso, e sim minerado.
  • 2. Cada bitcoin é único, então não pode ser falsificado, duplicado ou alterado.
  • 3. O bitcoin é divisível, podendo ser operado com até oito casas decimais.
  • 4. Não ocupa espaço, por isso não há limite físico para armazená-lo ou transferi-lo.
  • 5. Pode ser convertido para real, dólar ou qualquer outra moeda.
  • 6. As transações são feitas sem intermediários, com baixas taxas de rede e sem comprometer informações pessoais.
  • 7. O bitcoin não tem data, hora ou local específico de funcionamento, estando disponível o tempotodo e em todos os lugares.
  • 8. Seu valor não depende da inflação de um país ou de decisões empresariais.
  • 9. Pode ser usado para comprar diversos itens, desde passagens aéreas e reservas de hotel até roupas, casas e serviços.
  • 10. É uma ótima forma de investir ou guardar dinheiro para planos futuros ou emergências financeiras.

Também é importante mencionar o fato de que o bitcoin representa uma boa opção de reserva de valor e antifragilidade. Além disso, grandes empresas e investidores institucionais, como Tesla e MicroStrategy, estão investindo nessa moeda – o que é um indicativo de que elas acreditam no valor atual e futuro do bitcoin.

Diante de tantos aspectos positivos, o bitcoin se mostra cada vez mais uma excelente alternativa de investimento para todos. Mas se você ainda tem dúvidas sobre esse investimento na criptomoeda, preparamos uma dica final: a Ripio.

Ripio, autoridade em bitcoin e outras criptomoedas

ripio bitcoin investimentoConheça a Ripio, autoridade em bitcoin e outras criptomoedas.

A Ripio está há mais de 7 anos no mercado financeiro digital e conquistou mais de 1 milhão de clientes durante esse período. Presente em cinco países (Argentina, Brasil, Espanha, México e Uruguai), a companhia conta com mais de 170 profissionais que trabalham juntos para oferecer o melhor serviço para quem quer investir e aprender sobre criptomoedas, especialmente bitcoin.

Com a carteira digital da empresa, você pode comprar e vender diversas moedas digitais com muita facilidade, segurança e praticidade. E tudo isso diretamente no smartphone, pelo app da Ripio.

Caso você queira estudar mais, pode contar com o Launchpad como o ambiente ideal para mergulhar no universo cripto. Lá você encontra guias, artigos e dezenas de materiais para ajudá-lo nessa jornada. Para os que estão interessados no bitcoin, o guia do bitcoin é o lugar perfeito para se aprofundar no assunto.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes

O que é bitcoin? Conheça tudo sobre essa criptomoeda