Bitcoin supera B3 e já vale mais que todo a bolsa brasileira

1 min de leitura
Imagem de: Bitcoin supera B3 e já vale mais que todo a bolsa brasileira
Imagem: Pexels/Reprodução
Avatar do autor

Nesta terça-feira (13), o Bitcoin atingiu seu pico mais alto da história. Conforme os dados da Coindesk, o preço da criptomoeda aumentou 5,68% em 24 horas e ultrapassou o valor de US$ 63 mil a undiade – cerca de R$ 358.770.

Segundo o Documenting Bitcoin, agora a moeda virtual vale mais do que todo o mercado de ações da bolsa brasileira B3. Em um comparativo: o Bitcoin tem o valor de US$ 1,19 trilhões, enquanto o valor total das ações brasileiras é de US$ 1,17 trilhões.

Comparativo divulgado pelo Documenting Bitcoin no Twitter.Comparativo divulgado pelo Documenting Bitcoin no Twitter.Fonte:  Documenting Bitcoin/Reprodução 

A última onda de crescimento do Bitcoin teve início em 8 de abril de 2021. Em apenas cinco dias, o valor da criptomoeda cresceu mais de US$ 7 mil – aproximadamente R$ 39.700.

De acordo com os analistas, o preço da moeda está em ascensão devido à entrada da corretora americana de criptomoeda Coinbase na bolsa de valores. Listada na Nasdaq, os títulos da companhia serão disponibilizados no dia 14 de abril.

Vale destacar que a Coinbase será a primeira empresa cripto a abrir capital. Antes da oferta pública inicial, a corretora revelou os relatórios financeiros do 1º trimestre de 2021 e sua receita foi de US$ 1,8 bilhão e os lucros de cerca de US$ 800 milhões.

Após atingir o pico, Bitcoin teve uma ligeira queda na tarde desta terça-feira (13).Após atingir o pico, Bitcoin teve uma ligeira queda na tarde desta terça-feira (13).Fonte:  Coindesk/Reprodução 

Altos e baixos do Bitcoin

O Bitcoin ultrapassou a marca de US$ 60 mil em meados de março, mas teve uma queda significativa e chegou a US$ 51 mil. Na tarde desta terça-feira, a criptomoeda teve uma ligeira queda em comparação com o máximo atingido no período da manhã.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Bitcoin supera B3 e já vale mais que todo a bolsa brasileira