'Pix messenger' é uma demanda da sociedade, diz Banco Central

1 min de leitura
Imagem de: 'Pix messenger' é uma demanda da sociedade, diz Banco Central
Imagem: Banco Central/Reprodução
Avatar do autor

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta terça-feira (30), que a sociedade requer a união de redes sociais com meios de pagamento e serviços financeiros. A fala aconteceu durante uma live do banco Daycoval e faz referência ao uso inédito do Pix para troca de mensagens. "Eu chamo de corrida do ouro. É basicamente juntar três grandes vertentes: a vertente de conteúdo, a vertente de mensageria e a vertente de pagamentos", afirmou o presidente.

"A sociedade usou um sistema de pagamentos como mensageria. Isso mostra que a sociedade tem essa demanda intrínseca de misturar mídia social com pagamentos e com finanças", explicou Campos Neto, embora o fenômeno tenha assumido um tom de brincadeira na época. Durante o evento, ele ainda revelou que o WhatsApp Pay seria aprovado pela autoridade regulatória — o que aconteceu no final da tarde do mesmo dia.

A importância dos dados

a  Wikipédia/Reprodução 

Em sua fala, ele deixou a entender que tal união será benéfica não apenas para os brasileiros, mas para o mercado como um todo. Para ele, será possível anunciar, vender, receber o valor do produto e, por meio de algoritmos e da inteligência artificial, saber o que o cliente achou da compra.

Segundo o presidente, trata-se de uma demanda flagrante e que deve ser analisada pelas agências reguladoras. Cabe frisar que tal possibilidade está sujeita às exigências da Lei nº 13.709/18, mais conhecida como Lei Geral De Proteção de Dados (LGPD). Entre outros comentários, Campos Neto afirmou que também haverá uma grande segmentação entre bancos e fintechs.

Ações de combate à inflação

O presidente ainda tocou em um assunto delicado: a inflação no país, que tem preocupado economistas e brasileiros. Conforme pontuou, há uma "tentação" em ajudar os mais carentes e isso tem contribuído para o movimento inflacionário, que está sob observação do Banco Central. Apesar da afirmação de Campos Neto, cabe pontuar que a inflação envolve uma variedade ampla de fatores, como a desvalorização do real frente ao dólar.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes

'Pix messenger' é uma demanda da sociedade, diz Banco Central