Banido das mídias, Trump está criando sua própria rede social

1 min de leitura
Imagem de: Banido das mídias, Trump está criando sua própria rede social
Imagem: Kevin Lamarque/Reuters
Avatar do autor

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançará sua própria rede social nos próximos três meses. A informação foi divulgada pelo conselheiro sênior do bilionário, Jason Miller, à Fox News.

"Eu realmente acho que veremos Trump retornando às redes sociais e isso será o ingresso mais quente na internet. Vai redefinir completamente o jogo, e todo mundo vai ficar esperando e observando para ver o que exatamente Trump faz", diz Miller. Segundo ele, o ex-presidente está participando de "reuniões intensas" com várias empresas para o lançamento do empreendimento.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre como funcionará a rede social, mas Miller afirma que a plataforma deve atrair "milhões de pessoas".

Banido das redes sociais

Trump foi banido permanentemente do Twitter - canal que mais usava para conversar com os seus seguidores - após os acontecimentos no Capitólio no dia 6 de janeiro. No dia da invasão, o republicano usou sua conta para pedir que os protestantes voltassem para casa. Porém, voltou a afirmar que as eleições haviam sido fraudadas.

Foi a primeira vez que uma figura política do país foi excluída da rede. A empresa divulgou um comunicado explicando os motivos da decisão. “Após uma análise detalhada dos tweets recentes da conta @realDonaldTrump e do contexto em torno deles — especificamente sobre como eles estão sendo recebidos e interpretados dentro e fora do Twitter —, suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitação à violência”

Outras plataformas, como Facebook, Snapchat e YouTube seguiram o mesmo caminho e bloquearam a conta do ex-presidente.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.