Dia do Consumidor: prepare-se para a grande data do varejo

2 min de leitura
Imagem de: Dia do Consumidor: prepare-se para a grande data do varejo
Imagem: Pexels/Reprodução
Avatar do autor

Dia do Consumidor não é apenas um momento para se conscientizar sobre as relações de consumo, mas também uma excelente oportunidade para comprar produtos com descontos. Isso porque, na semana do dia 15 de março, lojas físicas e online no Brasil divulgam inúmeras promoções e ofertas com condições especiais. Mas, assim como na Black Friday, o consumidor deve se preparar com antecedência. Por isso, confira algumas dicas abaixo de como se proteger durante suas compras nesse período:

Acompanhe os preços antes de comprar

Para evitar propagandas enganosas, como a famosa “metade do dobro”, é importante que o consumidor faça uma lista de quais itens pretende comprar na promoção e acompanhe os preços antes da Semana do Consumidor. Dessa forma será possível verificar se o desconto é realmente verdadeiro. Alguns sites como Buscapé e Zoom podem ser grandes aliados nesta tarefa, uma vez que exibem variações de preços dos produtos ao longo do tempo.

Ofertas por e-mail, SMS e links patrocinados

Uma estratégia muito utilizada por criminosos em datas promocionais é o envio de ofertas por e-mail e mensagens de celular. O objetivo é atrair consumidores para sites falsos, que simulam lojas oficiais. As alterações podem ser tão mínimas que o consumidor jamais desconfiará da fraude.

a  Pexels/Reprodução 

Isso também ocorre em links patrocinados em redes sociais, onde os criminosos podem impulsionar seus anúncios por meio de hashtags relacionadas ao evento. Portanto, caso você se depare com alguma dessas situações, não clique no link indicado. Confira a veracidade da oferta diretamente no site oficial da loja.

Preços que mudam na hora do pagamento

Durante a Semana do Consumidor, é possível acessar inúmeras ofertas vantajosas. No entanto, em alguns sites, os descontos “desaparecem” no ato do pagamento. Nessas situações, se o cliente não verificar o valor final da compra, ele acabará desembolsando um preço maior do que o esperado. Assim como nos demais casos, essa prática é considerada uma violação aos direitos do consumidor e as vítimas podem acionar o Procon.

Sites que solicitam dados antes da compra

a  Pexels/Reprodução 

Períodos promocionais são um prato cheio para a captação ilegal de dados pessoais. Existem inúmeras formas de fazer isso, uma delas é através de sites que solicitam informações do cliente antes mesmo de ele adicionar algo ao carrinho.

Se verificar essa prática durante a Semana do Consumidor, tenha cuidado! Criminosos utilizam esses dados para criarem perfis falsos na Internet, realizarem compras e até contratarem empréstimos em nome da vítima.

Propaganda enganosa e fraudes: como denunciar?

Caso seja alvo de uma dessas práticas criminosas, é possível denunciar pela internet. Desde 2014, com a criação do site Consumidor.gov pelo Governo Federal, o processo se tornou mais rápido, fácil e intuitivo. Por meio deste canal, os clientes podem reportar práticas abusivas e crimes contra o consumidor.

Basta acessar o site https://www.consumidor.gov.br/, clicar sobre a barra de busca e inserir o nome da empresa responsável. Em seguida, deve-se preencher o formulário exibido pelo site. Neste momento, é importante que você reúna o máximo de informações, inclusive prints, que comprovem o ocorrido.

Se a empresa não buscar uma solução para seu problema, acione o Procon. Para isso, acesse o site do órgão em seu estado ou ligue para o canal de atendimento correspondente.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.