CEO da Apple, Tim Cook, critica algoritmos do Facebook novamente

1 min de leitura
Imagem de: CEO da Apple, Tim Cook, critica algoritmos do Facebook novamente
Imagem: B9/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O CEO da Apple, Tim Cook, criticou o atual modelo de negócios das redes sociais e alfinetou o Facebook mais uma vez durante uma palestra online na última quinta-feira (27). Segundo o executivo, empresas deste segmento priorizam o engajamento dos usuários, mesmo que a condição para tanto seja a polarização e a desinformação.

“Em um momento em que a desinformação está cada vez mais presente e teorias da conspiração são alimentadas por algoritmos, não podemos mais fechar os olhos para uma teoria tecnológica que diz que todo engajamento é um bom engajamento – tudo com o objetivo de coletar o máximo possível de dados”, afirmou Tim Cook, sem citar explicitamente o Facebook. Confira abaixo o discurso na íntegra:

A fala do executivo ocorreu durante a conferência online Computers, Privacy and Data Protection. Para o executivo, “já passou da hora de parar de fingir que essa abordagem não tem um custo — de polarização, de perda de confiança e, sim, de violência”. Entre seus apontamentos, Tim Cook mencionou a recente invasão ao Capitólio dos EUA, destacando o papel das redes sociais para o evento.

É importante lembrar que o Facebook estaria cogitando processar a Apple por práticas antitruste, sob a justificativa de que a empresa tem adotado estratégias para atrapalhar concorrentes — como, por exemplo, a obrigatoriedade dos desenvolvedores em utilizarem o próprio sistema de pagamentos da Maçã em softwares disponibilizados na App Store.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes