LG deve vender seu negócio de celulares para grupo vietnamita

1 min de leitura
Imagem de: LG deve vender seu negócio de celulares para grupo vietnamita
Imagem: LG
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Corroborando o que noticiamos aqui no TecMundo ontem (20), a LG deve mesmo deixar o negócio de celulares, e se encontra em negociações com potenciais compradores da sua unidade fabril. Após um memorando interno distribuído aos seus funcionários, os jornais coreanos indicaram que o provável comprador será o conglomerado vietnamita VinGroup.

O jornal Business Korea aposta no VinGroup como possuidor da melhor oferta entre as apresentadas na mesa de negociações para arrematar o negócio mobile da corporação coreana. Além de ser um fabricante de projeto original (ODM) da própria LG, o VinGroup ocupa a terceira posição entre produtores de smartphones no Vietnã, atrás apenas da Samsung e da Oppo.

LG Rollable (Fonte: LG/Divulgação)LG Rollable (Fonte: LG/Divulgação)Fonte:  LG 

Perdas seguidas

Como já é de conhecimento público, uma das principais razões pelas quais a LG resolveu se desfazer de sua unidade mobile são os prejuízos contínuos que vêm se sucedendo. Segundo o Korea Times, são 23 trimestres seguidos de perdas operacionais, que demandaram aportes da ordem de US$ 4,2 bilhões, o equivalente a mais de R$ 22 bilhões.

Originalmente uma fabricante de eletrônicos, a LG passou a produzir dispositivos Android em 2001, chegando a apresentar alguns modelos famosos, como o Nexus 5, e a memorável série G. Recentemente, a empresa estava apostando em designs exclusivos como o LG Wing e o futuro LG Rollable.

Infelizmente, criatividade e lançamentos de modelos diferenciados parecem não ter conseguido impulsionar os negócios da LG em direção ao lucro.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
LG deve vender seu negócio de celulares para grupo vietnamita