Longe da falência, Oi avança com seu plano de recuperação

1 min de leitura
Imagem de: Longe da falência, Oi avança com seu plano de recuperação
Imagem: Oi
Avatar do autor

A operadora Oi obteve uma pequena vitória nesta segunda-feira (05) em relação à mudança do seu processo de recuperação judicial que está em vigor desde 2016. A novidade é a homologação feita pelo juiz da 7ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro, Fernando Viana, que confirmou a validade de aditivos feitos no plano de recuperação original.

A decisão respeita o resultado da Assembleia Geral de Credores, realizada em setembro, e libera a Oi para colocar em prática o novo plano, com a companhia já longe da falência. A estratégia envolve vender ativos em setores como torres, data centers e fibra, além de avançar na negociação com as rivais Claro, TIM e Vivo, que fizeram uma proposta vinculante de R$ 16,5 bilhões pelo negócio de telefonia móvel.

O juiz ainda rejeitou as reclamações feitas por instituições bancárias como Santander e China Development Bank (CDB), que publicamente se manifestaram contra o aditamento e o alto desconto no valor dos créditos originais.

E agora?

A partir de agora, a Oi pode retomar as negociações de vendas, mas deve comercializar sem autorização judicial apenas os setores listados no atual plano. Com a decisão, a empresa tem 12 meses para encerrar o processo de recuperação judicial.

A homologação completa pode ser conferida aqui.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Longe da falência, Oi avança com seu plano de recuperação