5G pode injetar US$ 1,5 trilhão na economia após a pandemia

1 min de leitura
Imagem de: 5G pode injetar US$ 1,5 trilhão na economia após a pandemia
Imagem: Pexels/Reprodução
Avatar do autor

Um recente estudo indica que o 5G pode ter um papel importante na recuperação da economia global no pós-pandemia, já que a previsão é que a tecnologia valerá cerca de US$ 1,5 trilhão até 2030. A análise foi realizada pela empresa STL Partners a pedido da Huawei, que, assim como outras fabricantes de celulares, sofreu os impactos negativos do cenário pandêmico.

Entre as oito indústrias que mais se beneficiarão com a implementação da tecnologia estão as de energia, manufatura, saúde e logística. A Huawei também está inserida em um grupo privilegiado, uma vez que receberá a demanda do público pelo 5G de forma direta.

Apesar da expectativa de que a conexão ofereça uma gama de benefícios ao consumidor, como dados móveis mais rápidos, os resultados verdadeiramente revolucionários estarão na indústria graças à maior capacidade e à latência ultrabaixa.

Impactos do 5G

a  Pixabay/Reprodução 

Segundo o relatório da STL Partners, os efeitos do 5G vão além do aspecto econômico. Com a implementação da conexão, países com sistemas de saúde bem estruturados poderão tratar 1 bilhão de pacientes a mais em 2030 em razão do aprimoramento de tecnologias. O setor de energia renovável também apresentará melhorias: ao fim da década, estima-se que as emissões de carbono serão reduzidas em 2,3 bilhões de toneladas.

O estudo pontua que isso só será possível a partir de uma união entre operadoras, líderes da indústria e governos, que devem coletar receitas indiretas da tributação resultante da atividade econômica adicional em vez de arrecadarem lucros excessivos nos leilões de espectro.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
5G pode injetar US$ 1,5 trilhão na economia após a pandemia