Samsung deve fabricar Snapdragon 875 para Qualcomm por R$ 5,3 bi

1 min de leitura
Imagem de: Samsung deve fabricar Snapdragon 875 para Qualcomm por R$ 5,3 bi
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Qualcomm costuma fabricar seus chips top de linha com a TSMC, mas isso deve mudar com o Snapdragon 875. De acordo com informações da mídia sul-coreana, a empresa fechou um contrato bilionário com a Samsung, que ficará responsável pelos componentes da linha pela primeira vez.

O valor do contrato entre as empresas gira em torno de R$ 5,3 bilhões, e a Samsung assumirá a produção completa dos chips da linha Snapdragon 875, de acordo com as fontes. Os componentes serão feitos no processo de fabricação de 5 nanômetros da empresa sul-coreana, com tecnologia ultravioleta extrema (EUV).

O Snapdragon 875 deve ser revelado em dezembro de 2020O Snapdragon 875 deve ser revelado em dezembro de 2020Fonte:  Pplware 

Apesar do valor bilionário envolvido no contrato entre as empresas, a Qualcomm teria optado pelos serviços da Samsung por causa do preço. A companhia sul-coreana oferece resultados similares ao da TSMC, mas com um valor mais em conta.

Além de atender a Qualcomm, a divisão de fabricação da Samsung também recebeu novos pedidos de empresas como IBM, Intel e Nvidia, que recentemente lançou as placas de vídeo RTX 30. Isso não quer dizer que a TSMC está sem clientes: a gigante taiwanesa ainda é responsável pela manufatura de chips da AMDMediaTek e Microsoft, que trará o Xbox Series X e S em breve ao mercado.

Se a Qualcomm seguir seus padrões de mercado, o Snapdragon 875 será apresentado pela companhia em dezembro de 2020. O novo chip deve chegar oficialmente ao mercado em smartphones lançados no primeiro trimestre do ano que vem, incluindo o próximo dispositivo da linha Galaxy S da Samsung.

Samsung deve fabricar Snapdragon 875 para Qualcomm por R$ 5,3 bi