Sony deve dobrar a fabricação do PS5 por causa da pandemia

1 min de leitura
Imagem de: Sony deve dobrar a fabricação do PS5 por causa da pandemia
Imagem: PlayStation
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Sony estaria se preparando para aumentar a produção do console PlayStation 5, que chegará ao mercado no final do ano. Segundo informações de veículos como Bloomberg e Asian Nikkei, a gigante japonesa está confiante com a chegada do novo produto e quer ficar preparada para possíveis problemas de logística causados pela pandemia.

Enquanto a estimativa inicial apontava a fabricação de até seis milhões de consoles para o período de feriados de fim de ano, a empresa pode quase dobrar esse valor. De acordo com as especulações, a Sony está movendo suas linhas de montagem para fazer entre nove e dez milhões de unidades do PlayStation 5.

Fonte:  PS Blog 

Caso os números sejam verdadeiros, a empresa deve realizar um dos maiores lançamentos de sua história com o PlayStation 5. Em grau de comparação, o PS4 chegou ao mercado em 2013 e teve 4,2 milhões de unidades comercializadas até o fim do ano.

Confiança

O PlayStation 5 foi revelado integralmente no mês passado e chegará ao mercado em duas versões. Enquanto a edição principal do console traz um leitor de mídia física, a Digital Edition funciona apenas com jogos da PlayStation Store, e deve custar menos quando chegar ao mercado.

O PS5 terá duas versões e uma linha de acessóriosO PS5 terá duas versões e uma linha de acessóriosFonte:  PS Blog 

Em maio, a Sony disse estar confiante em seu novo hardware e aposta que o PlayStation 5 vai conseguir superar o Xbox Series X em vendas. Analistas apontam que a empresa japonesa deve manter a liderança segmento, mas a tendência é que a nova geração venda menos que o PS4 e o Xbox One, de acordo com as previsões de mercado.

Oculus também aumenta produção

Além da Sony, outra empresa que está confiante com as vendas na segunda metade do ano é a Oculus. Segundo os relatos do Asian Nikkei, a divisão de realidade virtual do Facebook também aumentou a produção de seus produtos.

De acordo com as fontes da publicação asiática, a Oculus deve aumentar sua produção em cerca de 50% e produzir até 2 milhões de unidades de seus óculos de realidade virtual. Assim como a Sony, a empresa estaria acelerando a produção para garantir estoques para a segunda metade do ano e garantir que estará pronta para atender uma possível grande demanda nos feriados de final de ano.

Até o momento, Sony e Oculus não comentaram oficialmente sobre o assunto e não revelaram suas projeções de vendas para os próximos meses.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Sony deve dobrar a fabricação do PS5 por causa da pandemia