Startup de carros voadores de acionista da Tesla agora vale US$ 1 bi

1 min de leitura
Imagem de: Startup de carros voadores de acionista da Tesla agora vale US$ 1 bi
Imagem: Lilium
Avatar do autor

Uma startup alemã ainda relativamente desconhecida já conseguiu mais de US$ 275 milhões em investimentos só neste ano, com planos ambiciosos para o mercado de carros voadores. Trata-se da Lilium, uma companhia que atualmente pesquisa a viabilidade e a fabricação de "táxis voadores" com decolagem vertical e totalmente elétricos. O objetivo dela é lançar o primeiro veículo funcional em 2025.

O novo investimento veio da Baillie Gifford, uma empresa de gerenciamento de recursos que é também a segunda maior acionista da Tesla, montadora comandada por Elon Musk. Segundo o jornal Financial Times, a nova rodada tornou a empresa um unicórnio, ou seja, startup avaliada em US$ 1 bilhão mesmo sem ter colocado qualquer produto ou serviço no mercado.

O TecMundo já abordou esse conceito em um vídeo em nosso canal no YouTube.

A primeira fase de testes do protótipo da Lilium ocorreu em outubro de 2019, com um veículo com capacidade para cinco pessoas e velocidade máxima de 100 km/h. A ideia é que o "táxi" sirva para deslocamento entre cidades vizinhas e para percorrer grandes distâncias, chegando a uma autonomia de 300 km.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Startup de carros voadores de acionista da Tesla agora vale US$ 1 bi