Trump usa imagens da NASA em campanha política sem autorização

1 min de leitura
Imagem de: Trump usa imagens da NASA em campanha política sem autorização
Imagem: Flickr/NASA
Avatar do autor

A campanha para reeleger o presidente dos Estados Unidos Donald Trump divulgou, na última quarta-feira (3), um vídeo de propaganda eleitoral que gerou polêmica ao utilizar imagens da NASA aparentemente sem autorização da agência, de acordo com o Space.com.

O vídeo, intitulado “Make Space Great Again” (“Torne o Espaço Grandioso Novamente”, em tradução livre), foi postado no YouTube e nas páginas do comitê de campanha de Trump no Twitter e no Facebook.

A gravação trazia imagens do lançamento da missão Demo-2 da SpaceX, realizado no sábado passado, incluindo cenas dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, que viajaram na sonda Crew Dragon rumo à Estação Espacial Internacional. Também foram mostradas as antigas missões Apollo.

A propaganda ficou poucas horas no ar, até ser retirada pela campanha.A propaganda ficou poucas horas no ar, até ser retirada pela campanha.Fonte:  SpaceNews/Reprodução 

Segundo a publicação, a NASA não estava ciente da utilização das suas imagens e símbolos no vídeo, o que viola os regulamentos de publicidade da agência espacial. Isso pode ter motivado a remoção do vídeo do YouTube, na quinta-feira (4), ficando em seu lugar uma nota informando que a decisão foi tomada por quem enviou a gravação. A exclusão da propaganda também aconteceu nos perfis da campanha nas redes sociais.

Reclamações

A astronauta aposentada da NASA Karen Nyberg, que é esposa de Doug Hurley, um dos integrantes da missão, utilizou o Twitter para reclamar do vídeo, afirmando não ter dado autorização para a utilização de imagens suas e do filho.

Na postagem, Nyberg disse: “Acho perturbador que uma imagem em vídeo de mim e do meu filho esteja sendo usada em propaganda política sem meu conhecimento ou consentimento. Isso está errado”. No texto, ela marcou os perfis da agência espacial americana e do chefe da NASA Jim Bridenstine.

O vídeo também levou à criação de uma petição no site Change.org, com mais de 7 mil assinaturas até agora, pedindo que Trump pare de politizar as realizações da NASA e da SpaceX.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Trump usa imagens da NASA em campanha política sem autorização