Sity, concorrente da Uber, vai expandir seus serviços no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Sity, concorrente da Uber, vai expandir seus serviços no Brasil
Imagem: Metrópoles
Avatar do autor

A Sity, empresa de transporte por aplicativo, pretende expandir seu serviço em dez cidades do Brasil, além de São Paulo e Rio de Janeiro — onde já está consolidada. A concorrente brasileira da Uber vai iniciar operações em Vitória (ES), Salvador (BA), Goiânia (GO), Florianópolis (SC), Cascavel e Curitiba (PR), Porto Alegre e Caxias do Sul (RS), Belo Horizonte (MG) e em Brasília (DF).

Apesar da crise gerada pela pandemia, a empresa anunciou que está contratando novos funcionários. Até o momento, a Sity possui 60 colaboradores em seu escritório de São Paulo e pretende chegar a 200 até dezembro deste ano.

"Apesar do momento de crise, estamos consolidando nossa base de motoristas, para ter uma boa frota para atender à demanda após a pandemia, e também de usuários”, declarou a assessoria da Sity ao Tecnoblog.

a  Sity/Divulgação 

Enquanto suas concorrentes cobram taxas que variam entre 20% a 30% sobre o valor da corrida, a Sity fica com aproximadamente 10%. "Outro ponto importante é que transportamos passageiros a preço justo para ajudar a todos nesse momento tão difícil, o que traz mais usuários" completou.

Quanto à segurança, a empresa solicita uma série de informações dos passageiros, como uma foto de identificação. Além disso, os motoristas têm acesso a um botão de pânico no aplicativo, que pode ser acionado em situações de risco.

O fundador da Sity, Fernando Ângelo, declarou à revista Exame que pretende expandir o serviço para 29 cidades até o final deste ano. Além disso, o CEO estima que o aplicativo chegue a 2 milhões de passageiros cadastrados e 80 mil motoristas parceiros neste período.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Sity, concorrente da Uber, vai expandir seus serviços no Brasil