Microsoft vai fornecer nuvem para Defesa do Reino Unido

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft vai fornecer nuvem para Defesa do Reino Unido
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

A Microsoft fechou um contrato de alto valor para fornecer com exclusividade a sua plataforma de serviços na nuvem ao Ministério da Defesa do Reino Unido. Quem obteve a informação foi o site MSPowerUser, com base em um relatório de transparência divulgado pela União Europeia.

Ao todo, a negociação envolve um pagamento à Microsoft de £17,75 milhões — cerca de R$ 117,4 milhões em conversão direta de moeda. O contrato é válido por 23 meses, de 1º de junho deste ano até 30 de abril de 2022.

Além da plataforma, a Microsoft foi selecionada por ter "conhecimento técnico e habilidades necessárias", além de ser a responsável por softwares já utilizados pela instituição — o ministério confirmou que já adotava o Office 365 (agora chamado de Microsoft 365) como plataforma de trabalho e, caso abrisse uma licitação, poderia perder em otimização com uma companhia terceirizada. A negociação permite ainda que as autoridades britânicas tenham acesso a produtos e serviços da companhia antes do lançamento, podendo até fazer sugestões para melhorar as plataformas.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Microsoft vai fornecer nuvem para Defesa do Reino Unido