Carreira valorizada: cientista de dados está em alta no mercado

1 min de leitura
Imagem de: Carreira valorizada: cientista de dados está em alta no mercado
Avatar do autor

O volume de dados gerado pelas empresas no mercado deu início a uma grande procura por profissionais que tenham familiaridade com negócios e tecnologia — e, dada a busca por tais especialistas, aqueles que se dedicam a esses conhecimentos estão sendo valorizados com remunerações atrativas. De acordo com a plataforma de recrutamento Trampos.co, atuações como a de cientista de dados, por exemplo, podem contar com essa vantagem, atingindo salários de até R$ 12 mil reais.

Independentemente da área de atuação, para desenvolver as habilidades necessárias a esse cargo, é primordial ter vontade de aprender programação, estatística e uso de novas ferramentas, segundo André Aguiar, professor de Data Analytics da escola de tecnologia e programação Iron Hack. “Os conhecimentos em estatística e criatividade voltados à solução de problemas são relevantes para traduzir dados em informações aos líderes", ele complementou.

O Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI) aponta que essa é uma das cinco profissões mais promissoras na área durante os próximos anos.

(Fonte: Unsplash)

Quer ser um cientista de dados? O negócio é estudar, e muito!

Gerar insights de novos produtos assim como de visões, realizar análises de marketing ou negócios e encontrar possíveis fraudes ou anomalias em operações financeiras são parte da rotina de empresas das áreas financeiras, educacionais, de marketing e varejo, entre outras.

Isso explica a abertura de tantas vagas, afirma Tiago Yasmine, especialista em recrutamento e CEO da Trampos.co. O executivo complementa: “Na era da internet, se a companhia ainda não tem, certamente vai precisar contratar um profissional para analisar comportamento de usuários, modelos estatísticos, desempenho da concorrência, tendências de mercados etc.”.

Entretanto, é preciso se dedicar, já que, para atuar como cientista de dados, o candidato precisa aprender a filtrar dados, construir APIs, web scraping e ter conhecimento nas linguagens Git, MySQL e Python, além de tantas outras competências. A especialização, claro, tem suas vantagens: atualmente a faixa salarial de um cientista de dados varia de R$ 5.500 a R$ 8 mil no Brasil, chegando até R$ 12 mil para cargos de nível sênior em grandes empresas e multinacionais.

“Essa versatilidade é importante, pois, quando a empresa está na fase de coleta de dados, o profissional precisa focar suas atividades no desenvolvimento e na manutenção da infraestrutura de dados, databases, códigos e processamento dos dados”, finaliza Yasmine.

Portanto, pesquisar cursos voltados à área é o primeiro passo para quem almeja seguir carreira nesse campo profissional e fazer parte desse mercado em ascensão.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Carreira valorizada: cientista de dados está em alta no mercado