Ligações de spam com cunho racista geram multa US$ 13 milhões nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Ligações de spam com cunho racista geram multa US$ 13 milhões nos EUA
Avatar do autor

Acusado de ser o responsável por fazer mais de 6 mil ligações de spam com cunho racista e antissemitista nos Estados Unidos, Scott D. Rhodes terá que pagar uma multa de quase US$ 13 milhões imposta pela Comissão Federal de Comunicações (FFC, na sigla em inglês).

De acordo com o The Verge, ele está por trás de uma campanha racista e antissemita realizada com chamadas automáticas em seis estados americanos, ameaçando um jornal e candidatos políticos, além de alimentar o ódio racial depois que um estudante universitário foi assassinado por um imigrante.

Na Califórnia, Flórida e Geórgia, os ataques foram direcionados a pessoas envolvidas com a política, resultando em 1.496, 766 e 583 ligações, respectivamente, enquanto em Idaho aconteceram 750 ligações para ameaçar um jornal. Já na Virgínia, 2.023 ligações automáticas foram feitas, divulgando teorias de conspiração a respeito de um julgamento, na tentativa de influenciar jurados.

As chamadas geradas por robôs tinha conteúdos racista e antissemita. (Fonte: Pixabay)

O último caso relatado pela FCC aconteceu no estado de Iowa, com 827 chamadas, nas quais era utilizada uma voz de mulher imitando uma estudante assassinada, que convocava os destinatários a matar todos os imigrantes sem documentos da região. Esta campanha tem relação com o assassinato do universitário, ocorrido um mês antes, com uma das ligações sendo feita na casa do pai da vítima.

Como ele agia

Administrador de um site supremacista branco, Rhodes falsificava identificadores de chamada para dar a impressão de que as ligações eram originadas de números locais das mesmas regiões dos destinatários, conforme o The Verge.

Ele também já foi acusado de realizar outros tipos de ligações de robôs, como na campanha destinada a funcionários da Universidade Columbia, após a morte de um estudante durante um assalto.

Pelos casos acima, exceto o da universidade, ele terá 30 dias para se defender na justiça. Finalizado o prazo, a FCC votará a imposição da multa de US$ 12,9 milhões.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Ligações de spam com cunho racista geram multa US$ 13 milhões nos EUA