Coronavírus 'força' a Google a fechar seus escritórios na China

1 min de leitura
Imagem de: Coronavírus 'força' a Google a fechar seus escritórios na China
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Google informou que fechou seus quatro escritórios oficiais na China, Taiwan e Hong Kong por tempo indeterminado. A medida visa reduzir os riscos dos funcionários de contrair o novo coronavírus.

Devido ao feriado do Ano Novo Lunar, o governo chinês decretou que alguns estabelecimentos permaneçam fechados, para diminuir as chances de propagação do vírus. O objetivo é incentivar o maior número de pessoas possível a ficar em suas casas e evitar fazer viagens.

Leia tambémCuidado! Fake news sobre coronavírus estão sendo veiculadas

Os escritórios da Google vão ficar fechados, aguardando as novas orientações do governo. Enquanto isso, a companhia impôs restrições temporárias às viagens de negócios destinadas à China e Hong Kong.

Fonte: Unsplash/Reprodução

No caso dos funcionários que estão atualmente na China ou tenham parentes que vão retornar de lá, a recomendação é que voltem para os EUA o mais rápido possível e permaneçam trabalhando em casa por pelo menos 14 dias, a contar da data de partida. Essa prática é para evitar que a contaminação pelo vírus se espalhe, caso algum retornante tenha sido infectado.

China tem alta concentração de parceiros multinacionais

Apple e Facebook também restringiram viagens de negócios à China. A Apple está mantendo ao menos uma de suas lojas de varejo fechada, além de estar monitorando a temperatura de seus funcionários e providenciando a limpeza reforçada dos espaços das instalações.

A China tem uma alta concentração de parceiros multinacionais no segmento tecnológico, e vários deles estão tomando medidas para controlar o surto do coronavírus. Os telefones Pixel e os alto-falantes da Google dependem de fornecedores de componentes e fábricas baseadas na China.

Até agora, o coronavírus já infectou 6.165 pessoas, sendo que 133 delas morreram.

Várias outras empresas nos setores de eletrônicos, entretenimento, fabricação de carros e transporte também estão evitando enviar funcionários para a China, o que está causando a interrupção de diversas operações.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Coronavírus 'força' a Google a fechar seus escritórios na China