Regina Duarte é convidada por Bolsonaro para assumir a Cultura

1 min de leitura
Imagem de: Regina Duarte é convidada por Bolsonaro para assumir a Cultura
Avatar do autor

A atriz Regina Duarte foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro, nessa segunda-feira (20), para assumir a Secretaria Especial da Cultura, cargo que ficou vago após a saída de Roberto Alvim, exonerado na semana passada após a polêmica envolvendo o vídeo de divulgação do Prêmio Nacional das Artes.

Em nota, a assessoria do Palácio do Planalto afirmou que a conversa entre os dois, ocorrida no Aeroporto Santos Dumont, foi produtiva. No entanto, a artista ainda não confirmou se aceitará a função, resumindo-se a dizer que ela e o presidente estão “noivando”.

Um novo encontro está programado para acontecer na próxima quarta-feira (22) em Brasília, segundo a Agência Brasil, no qual Regina conhecerá a estrutura da Secretaria Especial, que é vinculada ao Ministério da Cidadania.

A atriz tem mais de 50 anos de carreira. (Fonte: IMDb/Reprodução)

Se assumir a função, a atriz atualmente com 72 anos de idade e que ficou conhecida como “a namoradinha do Brasil” ficará responsável por comandar os programas culturais mantidos pelo governo federal. Entre as entidades vinculadas à secretaria estão a Agência Nacional do Cinema (Ancine), a Fundação Cultural Palmares (FCP) e o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

Nota da Globo

Contratada da Globo, a atriz terá que se desligar do canal caso escolha atuar na função oferecida pelo governo, conforme afirma a emissora em nota divulgada logo após o encontro ocorrido no Rio de Janeiro.

Confira a nota na íntegra:

A atriz Regina Duarte tem contrato vigente com a Globo e sabe que, se optar por assumir cargo público, deve pedir a suspensão de seu vínculo com a empresa como impõe a nossa política interna de conhecimento de todos os seus colaboradores.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Regina Duarte é convidada por Bolsonaro para assumir a Cultura