Huawei pode lançar Mate 30 Pro e outros celulares no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Huawei pode lançar Mate 30 Pro e outros celulares no Brasil
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Huawei tem passado por dificuldades no mercado por causa da guerra comercial entre Estados Unidos e China, e seus investimentos no Brasil não tem sido significativos. Ainda assim, a companhia disse que pode voltar a lançar smartphones no país, inclusive o top de linha Mate 30 Pro. A novidade foi revelada pela empresa durante a apresentação local da Huawei Ability Gallery, plataforma que visa ajudar desenvolvedores a criarem apps para os celulares da fabricante sem serviços da Google.

Segundo o gerente de go-to-market da Huawei, Daniel Dias, a empresa pretende continuar investindo no mercado brasileiro e pode trazer mais celulares para cá futuramente. O executivo até mencionou o potente Mate 30 Pro como exemplo, mas ressaltou: o smartphone pode chegar ao país sem os serviços da Google, cortesia do banimento da firma nos Estados Unidos, que limita os negócios com empresas americanas.

(Fonte: Huawei Central/Reprodução)

“Existe a possibilidade do lançamento de um novo smartphone Huawei no Brasil”, comentou Dias durante a apresentação da nova plataforma da firma no nosso país. “Se a gente vier a lançar o Mate 30 Pro no Brasil, por exemplo, seria com o HMS [Huawei Mobile Services]”. O executivo ressalta, porém, que a chegada do modelo top de linha e outros celulares em terras brasileiras ainda não está confirmada.

Substituto do Android

(Fonte: Felipe Junqueira/Canaltech)

Apesar de a firma não confirmar nenhum celular no Brasil, o lançamento da Huawei Ability Gallery mostra o interesse da firma no país. A plataforma é utilizada para o desenvolvimento na Huawei Mobile Services, suíte de apps utilizada pela firma em seus dispositivos sem a Google Play. Segundo explica Dias, a solução está sendo no ar desde 2018 e é amplamente usada na China, mas agora está chegando em outros locais do mundo.

O executivo explica que a empresa pretende continuar utilizando o Android, mas também quer expandir sua própria solução, que é utilizada como um “plano B” atualmente. “Estamos conversando com todos os principais desenvolvedores, apresentando o HMS, o App Gallery, e convidando esses desenvolvedores para participar dessa plataforma”.

Será que a companhia consegue emplacar sua própria loja de apps por aqui? Deixe sua opinião nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei pode lançar Mate 30 Pro e outros celulares no Brasil