Alemanha defende Huawei e pede decisão conjunta da Europa sobre 5G

1 min de leitura
Imagem de: Alemanha defende Huawei e pede decisão conjunta da Europa sobre 5G
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, pediu aos demais países europeus que o continente realize debates conjuntos para definir o futuro do 5G no país. Segundo a Reuters, a preocupação maior é a indefinição sobre a presença ou exclusão da fabricante chinesa Huawei dos leilões de frequência na região.

"Um dos maiores perigos é que países individuais na Europa terão as suas políticas próprias em relação à China, e sinais confusos podem ser enviados. Isso seria desastroso não só para a China quanto para nós, na Europa", afirmou a chanceler durante uma conferência com investidores.

Para Merkel, a Huawei não deve ser proibida integralmente de negociar os serviços de infraestrutura do 5G — algo solicitado pelos Estados Unidos, que acusa a empresa de espionagem a mando do governo e está em guerra comercial com a fabricante. A Alemanha mantém relações comerciais fortes com o país oriental e várias das maiores operadoras da região utilizam os equipamentos da companhia.

Desconfiança

Apesar do clima parecer amistoso, a primeira-ministra afirma que essa decisão conjunta deve ser acompanhada de "maiores padrões de segurança", Ou seja, a ideia é não excluir a Huawei e encontrar uma solução comum em toda a Europa, mas manter os olhos abertos para qualquer irregularidade.

A França, por exemplo, já decidiu permitir que a Huawei participe das redes 5G locais, mas o contrato dá ao país o poder de vetar empresas "por qualquer potencial de ameaça à segurança".

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Alemanha defende Huawei e pede decisão conjunta da Europa sobre 5G