Microsoft é considerada mais ética que Apple, Google e Facebook

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft é considerada mais ética que Apple, Google e Facebook
Avatar do autor

Pelo segundo ano consecutivo, a Microsoft foi avaliada como a empresa de capital aberto mais ética dos EUA. O estudo, do grupo de pesquisa sem fins lucrativos Just Capital em parceria com a revista Forbes, traz em segundo lugar a NVIDIA, seguida por Apple, Intel, Salesforce.com e Alphabet (controladora da Google, bicampeã entre as empresas de internet). As redes sociais não se saíram bem: entre as 922 empresas do ranking, o Facebook ocupou a 149ª posição e o Twitter, a de número 245.

Campeão em três grandes áreas de relevância

Incentivo à diversidade e suporte à maternidade estão entre as ações em RH da empresa. (Fonte:  Microsoft/Divulgação)

Funcionários

A Microsoft faz parte dos 4% das companhias que compartilham seu relatório sobre funcionários por ocupação, gênero e etnia, o que aumenta a transparência em relação à diversidade e à inclusão. Ela oferece subsídios para assistência infantil (quando não há creches no local de trabalho); suporte aos novos pais (que recebem 12 semanas de licença paga) extensivo aos seus fornecedores (uma exigência sua).

Comunidades

A empresa mantém um Comitê de IA e Ética em Engenharia e Pesquisa para definir as melhores práticas e princípios no setor. A empresa lidera o programa de Educação Tecnológica e Alfabetização nas Escolas (TEALS); nos últimos cinco anos, mais de 30% dos participantes do programa foram meninas e 3% se identificaram como minoria étnica. A isso, se soma a doação de US$ 1,4 bilhão para ONGS em todo o mundo – os funcionários contribuíram com US$ 163 milhões para 21.785 ONGS e escolas pelo planeta.

Eric Horvitz, membro técnico e diretor do Microsoft Research Labs, apresenta o projeto em Londres a parceiros da empresa. (Fonte: Microsoft/Reprodução)

Meio Ambiente

Desde 2012, a Microsoft mantém 100% de neutralidade de carbono em suas operações globais, o que incluiu a área da Grande Seattle (onde está a pequena Redmont, sede da empresa). No binômio tecnologia e sustentabilidade, investiu US$ 50 milhões no programa AI for Earth, financiando organizações que usam inteligência artificial e outras ferramentas de computação em nuvem para monitorar, modelar e gerenciar problemas climáticos, agrícolas, de biodiversidade e da água.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Microsoft é considerada mais ética que Apple, Google e Facebook