iPhone 11 pode vender menos unidades do que seus antecessores

1 min de leitura
Imagem de: iPhone 11 pode vender menos unidades do que seus antecessores
Avatar do autor

Mesmo sendo um dos dispositivos mais esperados do ano, linha iPhone 11 pode vender somente 70 milhões de unidades em 2019. Embora essa quantidade pareça muito elevada, ela não deve ser vista com muito otimismo pela Apple, uma vez que a empresa já chegou a vender muito mais do que isso em períodos anteriores. A estimativa foi apontada pelo site especializado em finanças DigiTimes, que em 2018 havia projetado o número de vendas dos modelos iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max para 85 milhões de unidades.

Portanto, a expectativa é que os lançamentos de setembro de 2019 façam menos sucesso do que as edições anteriores. E as explicações para esse declínio podem ser consideradas óbvias. A primeira delas é o alto preço do iPhone, que parece cada vez mais afastar o público por ter deixado de apresentar um custo-benefício de fato atraente. Em contrapartida, nota-se o avanço de fabricantes chinesas, como a Xiaomi e Huawei, ao lançarem flagships de especificações avançadas por valores igualmente competitivos.

Antecessores do iPhone 11 pareciam mais atraentes aos olhos do público. (Fonte: Apple/Divulgação)

Tecnologia 5G pode ser decisiva

Outro ponto importante é que a linha iPhone 11 não deve ter suporte para conexão 5G, o que ampliaria a possibilidade de reposição rápida. Enquanto isso, dispositivos da Apple com essa tecnologia devem chegar ao mercado somente em 2020.

A tendência é que a partir de 2023 modelos fabricados com 4G sejam rapidamente ultrapassados pela 5G. Então quem busca manter um aparelho por mais tempo, poderá deixar de comprar um iPhone 11 e optar por modelos de outras fabricantes equipados com essa tecnologia.

Apesar desses fatores, ainda é cedo para determinar o futuro da Apple nos próximos meses. Afinal de contas, muitas situações importantes podem acontecer e mudar completamente o mercado de dispositivos móveis.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
iPhone 11 pode vender menos unidades do que seus antecessores