Reforma Tributária fará Uber, Netflix e outras pagarem impostos federais

1 min de leitura
Imagem de: Reforma Tributária fará Uber, Netflix e outras pagarem impostos federais
Avatar do autor

Caso você não saiba, empresas extrangeiras como Uber não pagam os mesmos impostos federais que companhias nacionais para que possam executar suas atividades no Brasil. Essas empresas fazem dinheiro aqui e mandam todo o seu lucro para as suas matrizes no exterior, e é justamente nisso que a proposta da Reforma Tributária visa aplicar uma mudança.

Tomando por base o texto da PEC 45, que vem sendo discutida na câmara dos deputados, o principal objetivo seria a implementação do Imposto sobre Operações de Bens e Serviços (IBS), um único imposto visando à substituição de PIS/CONFINS/IPI (tributos federais), ICMS (estadual) e ISS (municipal) cobrando apenas alíquotas anuais para empresas de origem internacional.

Reforma tributária (Fonte: JOTA/Reprodução)
(Fonte: JOTA/Reprodução)

Entretanto, a substituição dos demais pagamentos listados poderia gerar certo "vazio" na arrecadação governamental do País, o que pode ser corrigido com a aplicação de alíquotas diferentes para empresas estrangeiras que atuam pela internet. Com o pagamento de impostos por essas companhias, o rombo governamental criado pela extinção dos cinco impostos poderia até mesmo ser coberto, aumentando a arrecadação governamental.

PEC 45

O texto que está circulando pela Câmara dos Deputados (PEC 45) é de autoria do deputado Baleia Rossi e está sendo discutido desde julho pela Comissão Especial da Reforma Tributária, porém é importante ressaltar que o material ainda pode sofrer uma série de mudanças antes de ser enviado para votação. Uma vez que o Ministro da Economia, Paulo Guedes, notificou sua pretensão de inicialmente tratar impostos federais, espera-se que a parte sobre abolição do ISS e ICMS no que diz respeito a empresas de telecomunicações seja excluída do texto final.

Atualização 16/08 - 17h57

A primeira versão desta notícia falava que empresas como a Netflix não pagavam qualquer imposto no Brasil, quando a informação correta seria relacionada a taxas federais específicas. Nós corrigimos o trecho e temos ainda um posicionamento oficial da empresa sobre o assunto.

A Netflix é responsável por gerar centenas de milhões de reais em impostos no Brasil. Nós também contribuímos para a economia brasileira ao investir diretamente em conteúdo local, com projetos como Coisa Mais Linda, Sintonia e muitos outros, que já geraram mais de 40 mil empregos na indústria de entretenimento desde 2016.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Reforma Tributária fará Uber, Netflix e outras pagarem impostos federais