Amazon e Google registram ótimos resultados em computação em nuvem

1 min de leitura
Imagem de: Amazon e Google registram ótimos resultados em computação em nuvem
Avatar do autor

Amazon e Alphabet têm muito o que comemorar: enquanto a Amazon Web Services (AWS), maior plataforma de nuvem do mundo, viu seus serviços crescerem em 37%, a Google Cloud atingiu uma taxa de receita anual de mais de US$ 8 bilhões, "e continua a crescer em um ritmo significativo", anunciou o CEO da empresa, Sundar Pichai.

Mesmo com o resultado considerado fantástico, essa foi a primeira vez que a AWS registrou um crescimento inferior a 40% desde que sua controladora começou a revelar seus resultados (registrou crescimento de 49% no primeiro trimestre deste ano).  A unidade de cloud computing da Amazon impulsionou a maior parte dos lucros do segundo trimestre da gigante de varejo e tecnologia, representando 13% da receita total da sua controladora.

Considerando-se ainda o crescimento em alta, a desaceleração da AWS foi uma surpresa. A empresa citou o “volume de clientes” particularmente grande no mesmo trimestre de 2018, fazendo com que fosse um desafio superá-lo este ano.

Disputa acirrada por mercado em expansão

Por outro lado, a Alphabet não revela a natureza precisa de sua receita, em especial o quanto contribuem os aplicativos do G Suite para o total. A única indicação, além da receita de US$ 8 bilhões (o dobro da registrada no ano passado), vem dos segmentos de "outras receitas" da empresa, que incluem ainda aplicativos, smartphones e alto-falantes inteligentes.

?
Thomas Kurian, CEO do Google Cloud (Fonte: Getty Images/ Bloomberg/David Paul Morris)

Segundo o analista Charles King, da consultoria em tecnologia Pund-IT, “a Alphabet tornou o negócio de cloud computing uma prioridade; pudemos ver isso pela contratação do Thomas Kurian, da Oracle, que chegou para alinhar o serviço em uma direção mais específica dentro da empresa”.

Cloud computing continua sendo um importante impulsionador do crescimento dos três maiores provedores deste tipo de serviços. A AWS lidera o mercado, com a Microsoft em segundo lugar, em rápido crescimento, e Google Cloud em terceiro, mais distante (mas em franca ascensão).

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Amazon e Google registram ótimos resultados em computação em nuvem